Não consigo copiar/colar e mover arquivos e pastas

Minha primeira sugestão é que tente iniciar o Windows em modo de segurança, onde apenas o essencial para o carregamento do sistema será utilizado. Vejamos se neste modo de diagnóstico, o problema não ocorre.

Para iniciar o Windows em modo de segurança, pressione F8 repetidamente durante a inicialização do computador (antes de iniciar o Windows) e na tela de opções de inicialização escolha modo de segurança.

 

Se no modo de segurança o problema não ocorrer, ótimo, já sabemos que tem algo (programa/serviço/driver) que está carregando junto com o Windows e está causando este comportamento. Neste caso, sugiro que efetue procedimento de inicialização limpa do Windows e veja se assim o problema é solucionado.

Se no modo de segurança o problema também ocorreu, sugiro que pule a etapa de inicialização limpa, descrita logo abaixo.

 

Para inicialização limpa, acesse “Iniciar”, “Todos os Programas”, “Acessórios”, “Executar” (teclas de atalho Windows+R) e digite “msconfig”. Na guia “Serviços”, assinale a opção “Ocultar todos serviços Microsoft” e clique em “Desativar Tudo”. Na guia “Inicialização de Programas”, clique em “Desativar Tudo”. Clique em “Aplicar”, “OK” e reinicie o Windows.

 

OBS: Este procedimento desabilita todos serviços e programas de terceiros, bem como logon por fingerprint, antivírus dentre outros. Você pode posteriormente, se o problema for solucionado desta forma, habilitar os programas e serviços que serão inicializados com o Windows, seletivamente, ao invés de manter todos desativados. Efetue este procedimento para não ficar sem proteção antivírus por exemplo. Se o problema voltar após ativação da inicialização de um serviço ou programa em especifico, o problema está exatamente na inicialização deste software e é recomendável removê-lo.

 

Se a inicialização limpa ou o modo seguro não funcionaram então é possível que alguma configuração que desconheço tenha causado este comportamento que descreveu. Neste caso minha sugestão é que crie novo usuário do Windows e verifique se desta forma consegue com sucesso solucionar este problema.

 

Para criar novo usuário do Windows, por gentileza, utilize as instruções da documentação presente no link abaixo.
http://windows.microsoft.com/pt-BR/windows7/Create-a-user-account

Sugestão: Crie nova conta de usuário com privilégios administrativos.

COPIAR ARQUIVOS E PASTAS DE NOMES LONGOS

Você já foi fazer um backup ou simplesmente copiar uma pasta ou arquivo no Windows e não conseguiu por causa de Erro “arquivos e pastas de nomes longos”?

Nada mais frustrante, certo?

Você procura solução na internet e é difícil encontrar. Sugerem uma monte de softwares que não resolve.

Eu cansei de procurar uma solução eficiente e única para isso e te digo: NÃO EXISTE!

Então resolvi reunir as melhores soluções – não são infalíveis – mas são as melhores de toda web. Atualmente uso o Windows 10 atualizado 2016 numa máquina muito boa.

Preferi consultar os sites idôneos, de preferência da Microsoft e os fóruns oficiais dentro.

Lembre-se, depois de fazer cópias de pastas, sempre é bom conferir através das PROPRIEDADES dos arquivos o número total de arquivos copiados com a pasta de origem.

  1. Tentei o software gratuito TERACOPY e não adiantou;
  2. Tentei descobrir se era erro de setores do HD com o software HDD Scan e não era;
  3. Tentei o XCOPY pelo Prompt de comando aberto via administrador e nada. Usei assim, onde V: é meu HD de origem e D: o HD de destino:  XCOPY V: D: /Y /S /C
  4. Tentei o comando via Prompt ROBOCOPY que é da Microsoft para resolver justamente isto ROBOCOPY V:/ D:/ /E /COPYALL. Tente esta e confira depois.
  5. Em último caso e o mais apelativo para copiar uma pasta muito grande ou um HD inteiro na marra, é necessário utilizar um HD exclusivo de destino. Use software AOMEI Partition e use o “Assitente de cópia de disco” que irá copiar tudo na marra. Mas atenção, o HD de destino tem que estar vazio, pois tudo nele irá ser destruído. É uma solução desesperada, eficiente e rápida que exige um novo HD que deve ser externo por sugestão.

Comandos Windows – 50 deles

Olá,

 

Hoje vamos dar uma dica para usuários intermediários, embora alguns comandos sejam de uso, praticidade e utilidade bem básicas mesmo.

Tudo que o usuário tem a fazer é clicar no Menu Iniciar do Windows 7 e verá uma caixa de texto para digitar estes comandos. Existem muitos outros, mas vamos iniciar com apenas 50 comandos.

Digitar comandos Windows

Digitar comandos Windows

Aqui estão os primeiros 50 comandos que podem ser utilizados neste menu.

 

Ferramenta = Comando

  1. Abre filtro AC3 (se instalado) = ac3filter.cpl
  2. Acerca do Windows (Ver a versão do Windows) = winver
  3. Adicionar ou remover programas = appwiz.cpl
  4. Informações do Sistema = msinfo32
  5. Assistente de câmara ou scanner = wiaacmgr
  6. Assistente de cópia de segurança ou restauro = ntbackup
  7. Assistente de transferência de definições e de ficheiros = migwiz
  8. Assistente para adicionar hardware = hdwwiz.cpl
  9. Calculadora= calc
  10. Centro de segurança do Windows = wscui.cpl
  11. Certificados = certmgr.msc
  12. Configuração de protocolo de Internet (apagar informações de DNS ) = ipconfig /flushdns
  13. Configuração de protocolo de Internet (Todas as conexões ) = ipconfig /release
  14. Configuração de protocolo de Internet (ver DNS ) = ipconfig /displaydns
  15. Configuração de protocolo de Internet (ver tudo) = ipconfig /all
  16. Configuração de protocolo de Internet (Modificar DHCP Class ID) = ipconfig /setclassid
  17. Configuração do IP = ipconfig
  18. Conjunto de politicas resultante = rsop.msc
  19. Controladores de jogos = joy.cpl
  20. Definições da segurança local = secpol.msc
  21. Desliga o utilizador do Windows = logoff
  22. Editor de carácter privado = eudcedit
  23. Editor de registo = regedit
  24. Encerramento do Windows = shutdown
  25. Explorador do Windows = explorer
  26. Ferramenta de diagnóstico do Direct X = dxdiag
  27. Ferramenta de importação de livro de endereços = wabmig
  28. Ferramenta de remoção de software malicioso Microsoft Windows = mrt
  29. Ferramentas administrativas = control admintools
  30. Firewall do Windows = firewall.cpl
  31. Fontes = fonts
  32. Gestão de computadores = compmgmt.msc
  33. Gestão de discos = diskmgmt.msc
  34. Gestor de dispositivos = devmgmt.msc
  35. Gestor de partições do disco = diskpart
  36. Gestor de tarefas do Windows = taskmgr
  37. Gestor de utilitários = utilman
  38. Gestor de verificador de controladores = verifier
  39. Iexpress Wizard = iexpress
  40. Impressoras e faxes = control printers
  41. Infra-estrutura de gestão do Windows = wmimgmt.msc
  42. Itens a sincronizar = mobsync
  43. Internet Explorer = iexplore
  44. Ligação ao ambiente de trabalho remoto = mstsc
  45. Ligações de rede = ncpa.cpl / control netconnections
  46. Limpeza do disco = cleanmgr
  47. Linha de comandos = cmd
  48. Lista telefónica = rasphone
  49. Livro de endereços = wab
  50. Mapa de caracteres = charmap

 

 

Desinstalar drivers impressora Windows7

1- Painel de Controle

2- Ferramentas Administrativas

3- Gerenciamento de Impressão

4- Drivers / Clique em sua impressora instalada / Clique em MAIS AÇÕES / Excluir

Fiquem com meu abraço!

Tio Dalton – Curitiba – PR – Paz e Luz!

Formatação de Computador e Backup geral e agora? – parte 2

Por Dalton Campos Roque – www.websitearte.com

ATENÇÃO: Este artigo é continuação do “Formatação de Computador e Backup geral – e agora?” que é a parte inicial.

Então como eu já disse antes, se você tem um segundo HD interno em sua máquina, já é uma proteção fundamental contra panes no Windows que ficará quase sempre na Unidade C. Caso o Windows dê pane e você perca tudo, os dados estarão protegidos no segundo HD.

Bem, o backup básico está resolvido, mas o maior problema ainda nem começou que é o backup das configurações de tudo:

  1. Área de trabalho do Windows: atalhos, pastas e arquivos;
  2. Bibliotecas com Áudios, Vídeos, Downloads, Documentos, etc, embora já tenhamos copiado a unha para o disco D;
  3. Favoritos dos Navegadores, Barra de atalho de favoritos;
  4. E-mails do Microsoft Outlook organizados nas devidas pastas e mais os contatos e compromissos;
  5. Configurações de alguns softwares como FTP, Corel, etc.
  6. Detalhes do Windows como Barra de ferramentas iniciar rapidamente, papéis de parede e demais firulas;
  7. Ainda faço cópias do arquivo HOST do Windows que fica em ….
  8. E mais o arquivo de dados do IBM Via Voice com as gravações de minha voz para ditado.

Vocês vão descobrir que não é fácil, dá muito trabalho e demora muito tempo colocar tudo do jeito que estava, mas a proposta deste artigo é ensinar a fazer isto.

Sabemos que existe o Backup do Windows no Painel de Controle / Backup e Restauração

Mas eu não gosto dessa ferramenta, o que não a inviabiliza.

A ferramenta que vamos utilizar aqui é mais personalizável, você escolhe tudo tim tim por tim tim.

E para que o artigo não fique longo de novo, iremos subdividir em vários sempre incrementando aos títulos 3, 4, 5…

***

Uma das ferramentas que eu gosto é o comando MIGWIZ. Ele salva todas as Bibliotecas, configurações do Windows e dos Softwares em outro HD com poucos cliques. Mas tem que ser outro HD – seja ele externo ou interno, e com bastante espaço pois irá consumir dezenas de Gigas bytes nisso e levará algum tempo.

E para ser sincero, se você gosta mesmo de tudo bem personalizado em seu Windows e seus softwares, mesmo assim, terá que reconfigurar muita coisa a mão, pois NÃO EXISTE MÁGICA. O que eu tento fazer é maximizar esta operação que é pior que um parto, ou pior que um transplante cardíaco.

Continuarei na Parte 3 – estou demorando um pouco pois irei continuar no momento em que eu for formatar meu PC – o que já estou empurrando com a barriga há uns 3 ou 4 anos. Abraços.

Formatação de Computador e Backup geral – e agora? – Parte 1

Por Dalton Campos Roque – www.websitearte.com

 Não adianta mesmo adiar. Chega um dia que o Windows vai dar problema, mais cedo ou mais tarde e teremos que fazer a formatação e a trabalhosa reinstalação e reconstrução de todos os atalhos, configurações, acabamentos que dão um imenso trabalho.

 Só o Windows 7 tem mais de 01 Gigabyte de atualizações! Depois de instalar o Office 2012 tem mais 1Gb também! E ainda tem os drivers do hardware, os plug-ins dos navegadores e tal. Tem os dados pessoais, informações, arquivos, músicas, vídeos, downloads e uma catarata de coisas que desanimam só de pensar!

 A gente instala aqueles softwares de manutenção, limpeza de registro, otimização de disco, desinstaladores avançados, mas o Windows chega um momento que não adianta tentar mais, fica complicado adiar.

 Como tenho muitos dados, sou professor há uns 18 anos (hoje 2012), a cada um ou dois anos eu formato meu PC. Quando posso adio um pouco mais, quando necessário formato antes. Estou com uma placa mãe Gigabyte P35 DS3 Quadricore G0 dual channel com 6 Mb de RAM muito boa. Placa de vídeo razoável para menos e dois drives gravadores de DVD que é muito comum eu os utilizar ao mesmo tempo. Com esta máquina eu consigo converter um vídeo ao mesmo tempo em que abro dois ou três softwares pesados e ir alternando de tarefas.

 Tenho 5 HDs sendo 3 internos (2 SATA + 1 IDE) e 2 externos que ficam ligados diretos na porta USB 2.0. Tenho mais um HD externo extra de backup que fica em outro cômodo por segurança. Nem vou citar que tenho um HD só para vídeos no meu notebook conectado direto a minha TV na sala de cinema. Estou numa Rede Doméstica com o notebook de minha esposa Andréa com quem compartilho 3 desses HDs de dados.

 E digo, sou uma pessoa organizada. Cada HD tem uma finalidade, tudo é separado por família em pastas específicas e agrupado por famílias maiores, para facilitar o uso diário e também os backups. Nunca faço um backup só, costumo fazer no mínimo 2 e quando tenho espaço faço 3 e as vezes ainda faço cópias eventuais em CDs e DVDs graváveis e também regraváveis o que é um “saco”.

 Então vamos explicar como uma pessoa organizada – a nível doméstico – pode fazer, e com certeza, sei, que existirão outras soluções melhores e mais eficientes, mas também MAIS CARAS, que é justo onde não desejo cair. A intenção é fazer mais com menos.

 Então a primeira coisa que deve ter é um PC Desktop e não Notebook ou portáteis que estão na moda. Tenha um portátil somente após ter uma máquina maior de produtividade, as portáteis são para uso específico, mas vou dar os prós e os contras desta ideia.

 Minha esposa tem um Notebook I5 muito bom. O que nós fizemos, compramos mais um monitor grande, um teclado e um mouse extra. Então ele funciona como um desktop, já que a configuração dele é “parruda” naturalmente e é até mais rápido que o meu. Porém as desvantagens podem ser várias: desvalorização maior, mais difícil a manutenção, mais caro o preço de peças de reposição, exige mão de obra especializada, upgrades mais caros e mais difíceis, etc. No caso de minha casa, eu posso sacá-lo e levar para a rede da sala ou para cadeira de praia no quintal num sábado de sol e ainda estar conectado a Rede e a Internet por Wireless.

 Outra desvantagem, é que com estes novos notebooks, você não pode usar o software em outro novo que adquirir, pois ele está interno na máquina original e não num disco! Jogada escravizante e antidemocrática da Microsoft em parceria com os fabricantes. Quando você compra um Notebook, você paga pelo Windows que vem nele, e acaba sendo obrigado a utilizar apenas nele, apesar de legalmente podermos utilizar em outra máquina, desde que instalado uma única vez.

 Mas voltando ao assunto, desktop x notebook, vantagens e desvantagens, cada caso é um caso, e deve ser avaliado no contexto de sua realidade e necessidade.

 Então seu Desktop deve ter no mínimo 2 HDS instalados. Eu prefiro que este segundo HD seja interno também por causa da velocidade e do preço. O HD da unidade C: você deixa apenas para os softwares (programas) e o D: somente para os dados e informações de trabalho.

Na hora que for fazer backup você copia este HD inteiro com dois cliques para outro HD externo e deixar rolar a noite toda. Eu costumo ter 500 Gb de dados para fazer backup o que costuma demorar a noite toda, então o que faço para aumentar a velocidade?

 Desconecto da internet por segurança desligando o modem. Desligo o antivírus e os antispy que fazem tudo ficar superlento e mando copiar assim que for deitar. Então a cópia dos dados vai bem mais depressa.

 Se você tem – e quase todo mundo que eu conheço tem – arquivos nas Bibliotecas do Windows 7, então terá que copiar estes dados para a Unidade D: de dados como garantia, mas ainda não é tudo.

 Este artigo fica por aqui, para não ficar muito longo. Chegamos aqui numa conclusão parcial, mas vou aprofundar no próximo artigo com o mesmo título parte 2. Abraços do Professor Dalton de Curitiba. www.websitearte.com

Teclas de Atalho Windows

Windows
WIN = Abre o menu Iniciar. Use as setas para navegar nas opções, e aperte ENTER para abrir um item.
WIN + D = Mostrar área de trabalho.
WIN + M = Minimizar tudo.
SHIFT + WIN + M = Desminimizar tudo……. (clique em leia mais para continuar lendo)

WIN + R = Executar.
WIN + E = Abre o Windows Explorer.
WIN + PAUSE BREAK = Propriedades do sistema.
WIN + F = Pesquisar arquivos / pastas.
WIN + U = Gerenciador de utilitários.
WIN + L = Bloquear computador ou trocar de usuário, sem fazer logoff.
CTRL + ESC = Abre o menu Iniciar.
CTRL + ALT + DEL = Gerenciador de tarefas. Pode abrir a janela “Segurança do Windows”, com opções para trocar senha, fazer logoff ou abrir o gerenciador de tarefas.
ALT + LETRA SUBLINHADA DE MENUS OU BOTÕES = Acessa o menu ou botão. Use as setas de direção do teclado para se mover, ENTER para confirmar ou a barra de espaços para marcar ou desmarcar as caixinhas de marcação.
ALT + TAB = Alterna as janelas abertas. Segure ALT e vá teclando TAB até selecionar a janela desejada, e então solte tudo.
SHIFT + ALT + TAB = Alterna as janelas abertas, só que selecionando as anteriores, e não as próximas. Ao usar o ALT + TAB, você pode teclar ou soltar SHIFT quando precisar.
ALT + ESC = Alterna diretamente para a janela anterior na barra de tarefas.
SHIFT + ALT + ESC = Alterna, as janelas, só que as próximas na barra de tarefas.
CTRL + TAB = Alterna as guias (abas) das janelas que tem abas, avançando, e em alguns programas, alterna os documentos abertos.
SHIFT + CTRL + TAB = Alterna as guias, voltando para as anteriores, em vez de avançar.
ALT + F4 = Fecha a janela ativa. Se nenhuma janela estiver aberta, abre a caixa de diálogo “Desligar o computador”.
ALT + ESPAÇO = Abre o menu de controle da janela ativa.
F10 = Seleciona os menus do programa atual. Use as setas de direção do teclado para se mover por eles.
SHIFT + F10 = Corresponde a clicar com o botão direito no objeto selecionado ou em foco. Use as setas para escolher um item do menu, e ENTER para “clicá-lo”. Pode-se usar diretamente a tecla que tem um menu com uma setinha, é a chama “tecla de atalho de aplicativo”, que normalmente fica entre as teclas WIN DIREITA e CTRL de alguns teclados.
PRINT SCREEN = Copia uma imagem da tela atual para a área de transferência. Basta colar no seu programa gráfico. Ou então se for mandar por MSN (Messenger), por exemplo, aperta Ctrl+V que ele envia para o destinatário sem a necessidade de abrir outro programa para salvá-la.
ALT + PRINT SCREEN = Copia uma imagem apenas da janela ativa, e não da tela inteira (janela ativa é a janela que está em primeiro plano).

Windows Explorer
F3 = Pesquisar arquivos na pasta atual.
F4 = Abre a listinha da barra de endereços.
F5 = Atualiza a janela atual.
F6 = Seleciona o texto da barra de endereços.
F11 = Abre a página em tela cheia. Tecle F11 para voltar ao normal.
CTRL + H = Abre a lista do histórico.
CTRL + I = Abre a lista dos favoritos.
BACKSPACE = Abrir a pasta pai (acima).

Cópia e seleção de textos ou arquivos
CTRL + C = Copiar seleção.
CTRL + V = Colar.
CTRL + X = Recortar (mover).
CTRL + A = Selecionar tudo do campo atual.
CTRL + Z = Desfaz a última ação de edição, se possível. Cuidado ao usar no Windows Explorer, pois pode desnomear uma pasta que acabou de ser renomeada, apagar arquivos que foram copiados ou mover de volta arquivos que foram movidos.

Textos em diversos programas
Muitos valem para arquivos no Windows Explorer também
SETA ESQUERDA = Coloca o cursor um caractere anterior.
SETA DIREITA = Coloca o cursor um caractere depois.
SETA ACIMA = Vai para a linha de cima, na mesma coluna.
SETA ABIXO = Vai para a linha de baixo, na mesma coluna.
SHIFT + SETA ESQUERDA = Vai selecionando à esquerda do cursor. Segurando SHIFT, vá teclando a SETA ESQUERDA.
SHIFT + SETA DIREITA = Idem anterior, seleciona à direita do cursor. Segure SHIFT e vá teclando SETA DIREITA.
SHIFT + SETA ACIMA = Seleciona o texto compreendido entre a linha atual e a linha acima, na mesma coluna. Segure SHIFT e vá teclando SETA ACIMA para selecionar mais linhas para cima.
SHIFT + SETA ABAIXO = Idem anterior, seleciona linhas para baixo.
CTRL + SHIFT + SETA DIREITA = Seleciona palavra por palavra. Seta esquerda faz o oposto.
HOME = Coloca o cursor no começo da linha.
END = Coloca o cursor no final da linha.
SHIFT + HOME = Seleciona do cursor até o início da linha.
SHIFT + END = Seleciona do cursor até o fim da linha.
PAGE UP = Rola uma tela acima.
PAGE DOWN = Rola uma tela abaixo.
INSERT = Alterna entre inserir ou substituir caracteres ao digitar.
DELETE = Exclui caracteres à direita do cursor.
BACKSPACE = Exclui caracteres à esquerda do cursor.
SHIFT + TECLA = Coloca o símbolo secundário da tecla. No caso das letras, alterna para caixa alta (maiúsculas).
ALT DIREITA + TECLA = Coloca o símbolo terciário da tecla (nas que possuem três símbolos impressos na tecla).
CAPS LOCK = Alterna maiúsculas e minúsculas ao digitar.

Internet Explorer / Vrs. 7
BACKSPACE = Voltar (desde que nenhum campo de edição tenha o foco).
SHIFT + BACKSPACE = Avançar (desde que nenhum campo de edição tenha o foco).
ALT + HOME = Abre a página inicial.
F3 = Pesquisar texto na página atual.
F4 = Mostra a lista (histórico) de sites visitados.
F5 = Atualiza (recarrega) a página.
F6 = Seleciona a barra de endereços.
F11 = Abre a página em tela cheia. Tecle F11 para voltar ao normal. Dica: mesmo navegando em tela cheia, você pode teclar WIN para abrir o menu Iniciar ou usar o ALT+TAB para alternar entre as janelas abertas.
CTRL + F = Pesquisar texto na página atual.
CTRL + D = Adiciona a página atual nos favoritos.
TAB = Avança de link em link ou de objeto em objeto na página. Tecle a barra de espaço para selecionar se for um campo de marcação, ou tecle ENTER para abrir, se for um botão ou link. O objeto ativo ficará cercado por um retângulo tracejado, para que você possa identificá-lo.
SHIFT + TAB = A mesma coisa do TAB, só que em direção oposta. Ideal para voltar para links atrás ou quando você “passar” do ponto com o TAB.
CTRL + H = Abre a lista de histórico, à esquerda.
CTRL + I = Abre a lista dos favoritos, à esquerda.
CTRL + O = Abrir arquivo, site ou uma URL qualquer.
SHIFT + CLIQUE NO LINK = Abre o link em nova janela, mantendo a atual aberta. A mesma coisa de clicar no link com o direito e escolher “Abrir em nova janela”.
CTRL + CLIQUE NO LINK = Abre o link em nova aba. A mesma coisa de clicar no link com o direito e escolher “Abrir em nova aba”.
CTRL + SHIFT + CLIQUE NO LINK = Abrir link em nova aba, trazendo-a para a frente.
HOME = Vai para o topo da página.
END = Vai para o fim da página.
ESPAÇO = Rola a tela para baixo.
SHIFT + ESPAÇO = Rola a tela para cima.
SETAS DE DIREÇÃO = Rolam a tela, para a direção da seta teclada (acima, abaixo, à esquerda e à direita).
PAGE UP = Rola a tela para cima
PAGE DOWN = Rola a tela para baixo.
CTRL + T = Nova aba.
ALT + ENTER = Nova aba com a URL da barra de endereços (se ela estiver focada).
ALT + ENTER = Nova aba para pesquisar o texto do campo de busca (se ele estiver focado).
CTRL + Q = Ver miniaturas das abas. Clique na miniatura para ativar a aba correspondente.
CTRL + TAB e CTRL + SHIFT + TAB = Alternar entre as abas (respectivamente, para frente e para trás).
CTRL + n, onde “n” é um número de 1 a 8 = Alterna para a aba na “nª” posição.
CTRL + 9 = Alterna para a última aba usada.
CTRL + W = Fecha a aba atual.
ALT + F4 = Fecha todas as abas (e a janela do navegador).
CTRL + ALT + F4 = Fecha todas as outras abas, menos a atual.