Alternativas ao The Pirate Bay para você baixar seus arquivos torrent

Antes de tentar arriscar a baixar suas coisas por nossas sugestões, aliás, sugestões pegas no Tecmundo – http://www.tecmundo.com.br/torrent/69218-10-alternativas-the-pirate-bay-voce-baixar-arquivos-torrent.htm – aconselho que tenha um ANTIVÍRUS COMPRADO para não ferrar com seu computador.

Eu testei todos antes de postar aqui, e se não tivesse o BitDefender Total Security eu teria me dado mal, pois ele bloqueia páginas maliciosas.

Em alguns, mesmo que você tente baixar coisinhas inocentes como a história da Branca de Neve, poderá ser contaminado assim mesmo, então tenha um bom antivírus instalado.

E antes que me pergunte, não sei dizer se os antivírus grátis irão funcionar a contento apesar que de forma geral estão muito bons.

Alguns podem simplesmente estar fora do ar devido a dinâmica natural da web.

Boa sorte! professor Dalton, Curitiba, Paraná.

***

oda a confusão envolvendo os torrents começa em um único ponto: direitos autorais. Baixar arquivos através desse protocolo não é ilegal, mas fazer o download de conteúdo protegido ou compartilhá-lo é.

Portanto, é importante que fique bem clara essa definição na hora de procurar torrents para download: o conteúdo que está protegido por direitos autorais não deve ser baixado sem a autorização do detentor desse arquivo. Quem faz isso, pratica a pirataria que, de acordo com o Código Penal, Artigo 184, é crime passível de multa e detenção. Vamos à lista?

1. KickassTorrents

A imagem pública do KickassTorrents não é muito diferente da que o The Pirate Bay ostentava. Seus problemas judiciais com arquivos protegidos por lei já possui vários capítulos, o que acabou resultando em mudanças sucessivas de endereço para o site.

Porém, como os administradores do serviço afirmam na página relativa a esse assunto, o site “não possui nenhum arquivo protegido por direitos autorais ou que seja ilegal”. Caso você se depare com conteúdo nessas situações, pode reportar ao KickassTorrents que eles tomarão as devidas precauções.

2. ExtraTorrent

Alternativa popular, rica em conteúdo, mas que também está frequentemente envolvida em casos de pirataria. Por conta desses problemas, recentemente o ExtraTorrent perdeu o direito de usar o domínio “.com”, sendo forçado a migrar para o “.cc”.

Os administradores do site, na página sobre o tema de direitos autorais, afirmam que seus serviços apenas buscam os sites que hospedam os arquivos torrent. Apesar disso, nenhuma informação explícita de qual é a verdadeira fonte desse conteúdo é fornecida pelo site.

3. Torrentz

Considerado o líder mundial na pesquisa de arquivos que utilizam o BitTorrent, o Torrentz não hospeda nenhum conteúdo em seus servidores. Ao procurar qualquer conteúdo no site, fica bastante claro que o serviço apenas indexa as alternativas para os internautas.

Pode-se dizer que o Torrentz é um “agregador” de sites que fornecem torrent. Seus serviços se assemelham ao de um buscador qualquer, limitado, obviamente, a exibir conteúdo relevante ao protocola BitTorrent.

4. BitSnoop

Esse é um dos pouco sites que “flertam” com o protocola BitTorrent e ainda conseguem manter o domínio “.com” em funcionamento. Um dos fatores que favorece o BitSnoop é o fato de o site funcionar como um “buscador” (assim como o Torrentz).

Porém, é forte a briga do site para garantir que seus redirecionamentos apontem apenas para resultados legais. Uma prova disso são os quase 1,7 mil denúncias que o site recebe diariamente de conteúdo protegido por direito autorais.

Não quero me deparar com pirataria de jeito nenhum!

Apesar do posicionamento contrário à prática de pirataria, as opções anteriores não conseguem escapar de fornecer opções que estão fora da lei. Querendo ou não, as pessoas que navegam por esses sites podem acabar encontrando conteúdo ilegal e, caso desejem, podem baixá-los sem grandes problemas.

Por isso, também resolvemos trazer alternativas que vão evitar a maioria dos constrangimentos frequentemente oferecidos pelas quatro opções anteriores. Vale a pena conferir caso você não queira dar de cara com algo que pode te colocar atrás das grades.

5. Archive.org

Considerado uma das melhores opções para baixar torrents legais, oArchive.org é um verdadeiro “monstro” quando se trata de quantidade de conteúdo. O próprio site hospeda os arquivos para download, o que o torna uma ótima opção se você não quer ser redirecionado para sites estranhos.

Na coleção de softwares, por exemplo, há uma categoria para jogos de PC antigos/clássicos, aqueles que já não estão mais protegidos por direitos autorais. O site, no entanto, também possui uma vasta quantidade de arquivos no formato de vídeo, texto e áudio para disponibilizar aos internautas.

 6. BitTorrent Bundle

Quem está a procura de músicas para download através do protocolo BitTorrent, pode encerrar a busca agora mesmo. O BitTorrent Bundle é uma excelente opção para baixar álbuns completo ou faixas separadamente através de arquivos torrent.

Há álbuns que já foram baixados mais de 500 mil vezes, além de opções totalmente desconhecidas e que precisam ser exploradas. O projeto, ainda em fase Alpha, tem como objetivo principal conectar os artistas com seus fãs – por isso, todos os arquivos são distribuídos de forma legal e livre de direitos autorais.

7. Legit Torrents

Como o nome do site pode sugerir, o Legit Torrents lida apenas com arquivos legais e livres de direitos autorais que impossibilitem sua distribuição. Sua base se concentra, basicamente, em programas para computador, mas outros tipos de conteúdo também podem ser encontrados.

Na listagem por categoria, podemos encontrar opções de shows, distribuições Linux, filmes, músicas, jogos, animes, livros e os já mencionados softwares. Há programas para Windows, Mac e Linux disponíveis.

8. GameUpdates.org

Especialmente dedicado para a comunidade gamer, o GameUpdates.orgfornece uma grande quantidade de patchs, demos, arquivos para atualização e correção de bugs através de torrent. E o melhor de tudo? Totalmente livre de problemas com direitos autorais e ilegalidade.

O seu fórum é a prova de que o site não compactua com a pirataria: conteúdo ilegal ou inapropriado são imediatamente identificados pelos próprios usuários e rapidamente apagados dos registros do GameUpdates. Vale a pena conferir.

9. Public Domain Torrents

Essa é uma boa opção para quem que dizer em voz alta que “baixa filmes através de torrent”. O Public Domain Torrents é um site com uma quantidade bastante razoável de filmes para download nos mais diversos formatos, e todos livres de direitos autorais e gratuitos.

É verdade que muitos deles são antigos e até exibidos em preto e branco. Porém, nada justifica o download de reproduções protegidas por lei. Sse você não tem dinheiro para pagar a assinatura do Netflix, alugar filmes ou ir ao cinema, o melhor mesmo é recorrer a essas alternativas legais.

10. Vodo

Outra opção para download de filmes e, sem dúvida nenhuma, uma das melhores alternativas nessa categoria. O Vodo não tem uma coletânea gigantesca de arquivos torrent para baixar, mas aposta em conteúdo autêntico e de qualidade.

Reproduções atuais e de produtores independentes podem ser baixadas na íntegra e gratuitamente, mas as pessoas podem escolher contribuir financeiramente para ajudar a causa. Além de filmes, o Vodo também disponibiliza games e livros para download através do protocolo BitTorrent.

…..

E aí, o que acharam da nossa seleção? Conhecia todos os sites da lista? Ou se deparou com alguma novidade interessante? Apenas lembramos os leitores que baixar conteúdo protegido por lei é crime, portanto não contribua para a disseminação dessa prática. Faça seus downloads com consciência e nos conte o que vocês acharam dos sites que sugerimos!

IMAGENS

Centenas de serviços grátis na Web

A. WEBSITE GRATUITO + LOGO + HOSPEDAGEM + INVOICES

B. GERADORES DE NOMES PARA NEGÓCIOS E PROJETOS

  • The Name App: Encontre um nome disponível para sua brilhante ideia.
  • Naminum: Descubra o nome perfeito para sua empresa.
  • Short Domain Search: Nomes de domínios curtos e com uma só palavra à disposição.
  • Wordoid: Escolha um nome curto e chamativo para o seu negócio.
  • Hipster Business Name: Gerador de nome de empresas hipsters.
  • Impossibility: O melhor gerador de nomes de domínios de todos os tempos
  • Lean Domain Search: Encontre um nome de domínio para seu site em questão de segundos.
  • Domainr: Busca rápida e gratuita de nomes de domínio. URLs curtos.

C. TEXTOS / BLOGS

  • Hemingway: Este app torna sua escrita em inglês mais clara e impactante.
  • Grammarly: Localiza e corrige erros gramaticais em inglês.
  • Medium: Traga suas histórias e ideias.
  • ZenPen: Um processador de texto mínimo na web.
  • Liberio: Criação e publicação de ebooks, direto do Google Drive.
  • Editorial Calendar: Veja todos seus posts. Arraste e solte para organizar o seu blog.
  • Story Wars: Escreva histórias coletivamente.
  • Headline Analyzer: Analisa o valor de marketing emocional de manchetes (em inglês).
  • WP Hide Post: Controle a visibilidade de itens em seu blog.
  • Social Locker: Peça aos visitantes para “pagar” pelo seu conteúdo com um tweet, etc.
  • Egg Timer: Crie um timer e salve nos favoritos para usar novamente.

D. IDEIAS E TENDÊNCIAS DE CONTEÚDO

E. SEO GRÁTIS + ANÁLISE DE WEBSITES

F. OTIMIZADORES DE IMAGENS GRATUITOS

  • TinyJPG | TinyPNG Compactação de imagens.
  • Compressor.io: Otimização e compactação de imagens online.
  • Kraken: Otimize suas imagens e acelere seu site.
  • ImageOptimizer: Redimensione e diminua o tamanho dos seus arquivos de imagem.
  • ImageOptim: Faz as imagens ocuparem menos espaço em disco, tornando-as mais rápidas de carregar.
  • Smush.it: Plugin do WordPress para otimização de imagens.

G. EDITORES DE IMAGENS GRATUITOS

  • Canva: Design gráfico extremamente simples para blogueiros.
  • Pixlr: O Pixlr Editor é um editor de fotos robusto que pode ser acessado no seu browser.
  • Skitch: Transmita sua mensagem com menos palavras.
  • Easel.ly: Estimula a criação e compartilhamento de recursos visuais belos.
  • Social Image Resizer Tool: Crie imagens otimizadas para mídias sociais.
  • Placeit: Modelos e templates grátis para produtos.
  • Recite: Transforme uma citação em uma obra de arte visual.
  • Meme Generator: O primeiro gerador online de memes.

H. COLETA & ENVIO DE EMAILS GRÁTIS

I. MÍDIA SOCIAL GRATUITA + GESTÃO DE COMUNIDADES + PESQUISAS

  • WriteRack: A forma mais fácil de blogar/tuitar.
  • Spruce: Crie imagens prontas para o Twitter em segundos.
  • Click To Tweet: Ganhe mais compartilhamentos para seu conteúdo.
  • MyTweetLinks: Aumenta o tráfego no Twitter.
  • Latergram: Faça o planejamento e o agendamento dos seus posts no Instagram com facilidade.
  • WordPress Pin it Button for Images: Adicione um botão “Pin It”.
  • SharedCount: Rastreamento dos compartilhamentos, curtidas, tweets e outras métricas de um URL.
  • Justunfollow: Para seguir / parar de seguir pessoas no Twitter.
  • SocialRank: Identifique, organize e gerencie seus seguidores no Twitter.
  • Klout: Escore de influência da mídia social em uma extensão para seu navegador.
  • Ritetag: Análise instantânea de hashtags.
  • Social Analytics: Interações de um URL na maioria das plataformas sociais.
  • Riffle: Perfil e informações completas de um usuário do Twitter.
  • Buffer Free Plan: Agende posts no Twitter, Facebook, Linkedin, Google+.
  • Bitly: Crie, compartilhe e rastreie links reduzidos.
  • Flament: Uma barra de compartilhamentos gratuita, bela e personalizável.
  • Addthis: Consiga mais compartilhamentos, seguidores e conversões.
  • Sumome Share: Otimiza automaticamente seus botões de compartilhamento para atingir o máximo de tráfego.
  • Digg Digg: Plugin para todos seus botões de compartilhamento.
  • Disqus: Construa uma comunidade de leitores e comentaristas ativos.
  • Typeform: Criação de belas pesquisas online & construção de formulários .
  • Tally: Crie pesquisas rapidamente.

J. TESTES A/B & GROWTH HACKING

  • Petit Hacks: Hacks de aquisição, retenção e renda usados por empresas.
  • Optimizely: Plataforma de otimização para websites e apps.
  • Hello Bar: Ferramenta para testes A/B com diferentes CTAs & palavras de impacto.
  • GrowthHackers: Possibilitando o crescimento. Juntos.

Ícone por Simple Iconshttp://thenounproject.com/term/web-design/32232/

→ Design + Código ←

A. RECURSOS DE DESIGN GRATUITOS

  • Freebbble: Itens grátis de alta qualidade no Dribbble.
  • Dribbble: Resultados de busca para “freebie” no Dribbble. Um tremendo acervo de freebies.
  • Graphic Burger: Saborosos recursos de design feitos com carinho em cada pixel.
  • Pixel Buddha: Recursos gratuitos e recursos premium para profissionais.
  • Premium Pixels: Itens grátis para criativos.
  • Fribbble: Recursos gratuitos de PSD feitos pelo pessoal do Dribbble, organizados por Gilbert Pellegrom.
  • Freebiesbug: Os mais recentes PSDs gratuitos & outros recursos para designers.
  • 365 Psd: Baixe um PSD gratuito por dia.
  • Dbf: Os melhores freebies de design do Dribbble e Behance.
  • Marvel: Recursos gratuitos dos designers que amamos.
  • UI Space: Freebies de alta qualidade feitos à mão por pessoas geniais.
  • Free Section of Pixeden: Recursos gratuitos de design.
  • Free Section of Creative Market: Um novo freebie toda segunda-feira.
  • Teehan+Lax: DiOS 8 GUI PSD (iPhone 6).
  • Teehan+Lax: iPad GUI PSD.
  • Freepik: Recursos gráficos gratuitos para todos.
  • Tech&All: PSD, notícias de tecnologia e outros recursos grátis.
  • Tethr: O mais lindo kit de design para o iOS que existe.

B. SELETORES DE CORES

C. INSPIRAÇÃO

  • MaterialUp: Inspiração diária para Material Design.
  • FLTDSGN: Uma exibição diária dos melhores exemplos de flat design em sites e apps.
  • Site Inspire: Inspirações para webdesign.
  • UI Cloud: O maior banco de dados de design de interface no mundo.
  • Moodboard: Crie um belo moodboard (painel semântico) e compartilhe o resultado.
  • Crayon: A mais completa coleção de marketing design.
  • Land-Book: Galeria de landing pages.
  • Ocean: Uma comunidade de designers que compartilham feedbacks.
  • Dribbble: Conheça o trabalho de designers.
  • Behance: Apresente e descubra trabalhos criativos.
  • Pttrns: Padrões de interfaces do usuário para dispositivos móveis.
  • Flat UI Design: Um painel útil que descobri graças a Erik.
  • Awwwards: A premiação para o design, a criatividade e a inovação.
  • The Starter Kit: Seleção de recursos para desenvolvedores e designers.
  • One Page Love: Um recurso para inspiração em sites “one page”.
  • UI Parade: Ferramentas de design de UI + inspiração em design.
  • The Best Designs: O melhor do webdesign.
  • Agile Designers: Os melhores recursos para designers e desenvolvedores.
  • Niice: Um site de busca com bom gosto.

D. BANCOS DE IMAGENS GRATUITOS

E. TIPOGRAFIA GRATUITA

  • TypeGenius: Encontre a combinação perfeita de fontes para seu próximo projeto.
  • Font Squirrel: Fontes comerciais 100% gratuitas.
  • FontFaceNinja: Extensão para o browser que localiza as fontes utilizadas por um site.
  • Google Fonts: Fontes gratuitas de código aberto, otimizadas para a web.
  • Beautiful Web Type: Os melhores tipos do diretório de fontes do Google.
  • DaFont: Um arquivo de fontes gratuitas para baixar.
  • 1001 Free Fonts: Uma enorme coleção de fontes gratuitas.
  • FontPark: O maior arquivo de fontes da web.
  • Font-to-width: Acomode trechos de texto em seus respectivos espaços.

F. ÍCONES GRATUITOS

G. ITENS ÚTEIS E GRATUITOS

  • UI Names: Gerador de nomes aleatórios para uso em design de peças e modelos.
  • UI Faces: Encontre e crie amostras de fotos de avatar para interfaces do usuário
  • UI Blurbs: Rápidas biografias de usuários para usar em seus modelos.
  • Copy Paste Character: Clique para copiar.
  • Window Resizer: Veja como algo se parece em várias resoluções de tela.

Ícone por Luboš Volkovhttp://thenounproject.com/term/check-list/20936/

→ Trabalho & Produtividade←

A. SOM PARA AJUDAR NA CONCENTRAÇÃO

  • Noisli: Ruído de fundo e gerador de cores.
  • Noizio: Equalizador de som ambiente para relaxamento e produtividade.
  • Defonic: Junte os sons do mundo para formar uma melodia.
  • Designers.mx: Playlists selecionadas feitas por designers, para designers.
  • Coffitivity: Toque os sons de uma cafeteria.

B. FERRAMENTAS PARA EVITAR DISTRAÇÕES

  • Self Control: Mac: aplicativo gratuito para ajudá-lo a evitar sites que o distraem.
  • Cold Turkey: Windows: bloqueie temporariamente os sites que causam distração.

C. ORGANIZAÇÃO & COLABORAÇÃO

  • Trello: Tome nota de tudo.
  • Evernote: O espaço de trabalho da sua vida.
  • Dropbox: Espaço gratuito até 2GB.
  • Yanado: Gerenciamento de tarefas dentro do Gmail.
  • Wetransfer: Transferências gratuitas de arquivos, até 2GB.
  • Drp.io: Hospedagem rápida, privada, gratuita e fácil de arquivos e imagens.
  • Pocket: Veja depois: guarde no Pocket.
  • Mailtoself: Uma extensão para o iOS que envia recados a você de qualquer aplicativo.
  • List.ly: Para descobrir e criar grandes listas.
  • Markticle: Marque o progresso da sua leitura de artigos para continuar mais tarde.

D. NÔMADES DIGITAIS & TRABALHO À DISTÂNCIA

  • Nomadlist: As melhores cidades para viver e trabalhar remotamente.
  • Where Nomads at: Encontre nômades digitais e viajantes do mundo inteiro.
  • Nomad Jobs: Os melhores trabalhos à distância nas melhores startups.
  • What’s It Like: Ajudando os viajantes a decidir QUANDO partir.

Ícone por New Haircuthttp://thenounproject.com/term/mark/97562/

→ Descoberta & Aprendizado←

A. FERRAMENTAS DE DESCOBERTA & STARTUPS

B. CRIAÇÃO EM EQUIPE

  • Assembly: Co-criação de novas ideias, não importa onde estejam.
  • CoFoundersLab: Encontre um co-fundador em qualquer cidade e qualquer indústria.
  • Founder2be: Encontre um co-fundador para a sua startup.

C. APRENDIZADO

  • Skillshare: Liberte sua criatividade com aulas e projetos gratuitos na web.
  • Khan Academy: Educação gratuita de nível internacional para qualquer pessoa, em qualquer lugar.
  • Coursera: Cursos gratuitos pela Internet, oferecidos por mais de 80 universidades e instituições de destaque.
  • Codecademy: Aprenda a programar interativamente, de graça.
  • Como abrir uma startup: Podcast em áudio ou Curso online
  • Startup Notes: Startup Notes convida grandes fundadores a contarem suas histórias.
  • The How: Aprenda com empreendedores
  • Launch This Year: Um guia para ajudá-lo a lançar seu negócio online.
  • Closed Club: Pesquise startups que encerraram suas atividades e aprenda porque fizeram isso.
  • Startup Talks: Uma seleção de vídeos sobre startups.
  • Rocketship.fm: Aprenda com empreendedores de sucesso toda semana.
  • reSRC.io: Todos os recursos gratuitos para aprender programação.

D. NEWSLETTERS QUE NÃO SÃO UM SACO

E. UTILIDADES

Como otimizar imagens para web

Otimizar imagens para web faz com que um site carregue mais rápido. Aprenda como otimizar imagens para web e melhore a qualidade de seu site.

Créditos: http://desenvolvimentoparaweb.com/miscelanea/como-otimizar-imagens-web-internet/

Otimizar imagens para web faz com que seu site carregue mais rápido e que seus visitantes não tenham que esperar tanto pelo carregamento. Os visitantes de seu site querem imagens otimizadas e de tamanho reduzido, portanto, é importante aprender a otimizar imagens para a web a fim de servir páginas rápidas e de qualidade. Entender o básico sobre compressão e otimização de imagens e seus formatos permite escolher não somente qual a melhor maneira de reduzir o tamanho de imagens, mas também melhorar a qualidade de imagens.

Este é um artigo traduzido do original “How to Optimize Images for Web – Image Optimization Ultimate Guide“, do blog Design Live, e a tradução (com pequenas adaptações) foi feita com autorização do autor, Michael Garmahis.

1. Retirar o excesso de espaço em branco

Às vezes uma imagem tem espaço branco ou tem um “excesso” de cor ao redor para que o texto e outros elementos não encostem na imagem. Ao invés disso, recorte esse excesso de espaço em branco e dê o espaçamento desejado usando a propriedade CSS padding.

 Continue reading

Compartilhamento de arquivos

São sites que hospedam diversos tipos de arquivos: textos, fotos, músicas, fotografias, vídeos etc para serem acessados na internet através de links,  “baixados” e arquivados no computador ou em cd ou pen-drive ,”colados” em paginas da web (blogs, sites, redes sociais, através de um código chamado de html ou compartilhados nas diversas redes sociais.

Eis alguns sites que hospedam e compartilham arquivos:

Dominio Público: disponibiliza textos, áudios, imagens e videos

Google Docs: hospeda textos, planilhas, desenho e ppt.

ZohoDocs: hospeda textos, planilhas, desenho e ppt.

Scribd: hospeda textos,livros,  pdf, mp3, slides,

4Shared: hospeda qualquer tipo de arquivo (texto, musica, vídeo)

FlickrPicasa, Dreamstime, Stock.XchngStockvaultFreedigitalphotos.net : hospedam somente fotos;

YoutubeVimeo, Hulu: hospedam vídeos

Slideboom.com; hospeda slides

Slideshare: hospeda slides e outros textos , arquivos em pdf produzidos em forma de slides (texto0

Imageshack: hospeda imagens, vídeos e slides;

Internet Archive: disponibiliza textos, audios, imagens;

Planeta Musicas: disponiibliza somente Músicas.

Experimente entrar em qualquer destes compartilhadores e no espaço destinado a busca digite o que quiser. Você ficará surpreendido com o que encontrará!

 

Resolução e tamanho de sites da Web

 

Atualizado em 16.3.2012 – créditos: http://www.avellareduarte.com.br/projeto/interface/interface2/interface2c.htm

A resolução do monitor de um dispositivo digital indica o número de pontos (ou pixels) que compõem a imagem que aparece na tela. Uma resolução de 1024 x 768 mostra 1024 pontos em cada uma das 768 linhas do monitor, ou seja, 786.432 pontos.

A qualidade da definição de uma imagem ou texto que aparece na tela depende da relação entre o número de pontos por polegada quadrada (ppi, pixels per inch) com que a tela está configurada, sua resolução nativa e o tamanho do monitor.

Normalmente, quanto maior o monitor, maior a resolução ou densidade dos pontos com que se pode configurá-lo – embora o iPad 3, com monitor de alta resolução, quebre um pouco esta regra. De qualquer forma, quanto maior o número de pontos (bits), mais definidas aparecem as imagens.

Do mesmo modo, quando um monitor grande é configurado com baixa resolução de pontos, pode mostrar imagens embaçadas e indefinidas, pois precisa criar pontos falsos da imagem de menor tamanho. Em alguns casos, pode “esticá-la”, para ocupar toda a sua área, ou mostrar a área ocupada pela imagem com espaços laterais neutros até os limites laterais da tela.

■ As resoluções de tela mais utilizadas atualmente pelos usuários de PCs são:

◊ 1024 x 768 pixels (975 x 720) – ainda serve de referência para o desenvolvimento de web sites . Em fevereiro de 2012, foi usada por 16.38% dos usuários mundiais (site Market Share) e por 22,27% dos usuários deste site (a segunda mais usada).

◊ 1366 x 768 pixels – um dos formatos que mais tem ganho usuários no último ano. Em fevereiro de 2012, foi usada por 13,14% dos usuários mundiais (site Market Share) e por 22,27% dos usuários deste site (a mais usada).

◊ 1280 x 800 pixels – formato mais horizontal, utilizado por um número crescente de usuários. Em fevereiro de 2012, foi usada por 12.72% dos usuários mundiais (site Market Share) e 7,56% dos usuários deste site.

◊ 1280 x 1024 pixels (1240 x980) – Em fevereiro de 2012, foi usada por 8,43% dos usuários mundiais (site Market Share) e por 7,8% dos usuários deste site.

◊ 1440 x 900 pixels – Em fevereiro de 2012, foi usada por 6,35% dos usuários mundiais (site Market Share) e por 8,53% dos usuários deste site.

A resolução 840 x 640 pixels (800 x 600) hoje é pouco utilizada. Em fevereiro de 2012, foi usada por apenas 1,55% dos usuários mundiais (site Market Share) e 0,78% dos usuários deste site (veja tabela de uso de resoluções por usuários deste site deste 2007).

A resolução de iPhones e iPods Touch é de 960×640, com 326 ppi de resolução. A dos iPads2 é de 1024 x 768, a dos iPads3, é de 2048 x 1536. A resolução dos tablets Galaxy, da Samsung, de 7 polegadas, é  1024 x 600, e a de 10 polegadas, 1280 x 800.

Pesquisas mostram que as telas maiores, como as de PCs, são adequadas para atividades produtivas, enquanto as menores, como as dos dispositivos móveis, são indicadas para comunicação e entretenimento. Por isto, é importante examinar os casos de uso de cada interface para priorizar o uso num tamanho ou outro, ou em todos os tamanhos.

Para facilitar o acesso de um web site projetado para PCs, definir uma medida mínima para a largura das colunas em layouts líquidos, que se adaptam à largura das telas – a adaptação irrestrita às telas estreitas dos dispositivos faz com que muitos textos fiquem ilegíveis, especialmente se o layout tiver muitas colunas.

Variações de tamanho e resolução

■ Os formatos dos dispositivos digitais estão ficando cada vez mais heterogêneos, variando entre as grandes telas para uso de PCs desktop e as telas menores para uso em movimento.

O espaço de publicação de conteúdo de sites e plataformas web precisa considerar o aumento das diferenças entre largura máxima e mínima das telas de PCs, que variam entre 320 a 2560 pixels ou mais (quando os usuários usam mais de um monitor).

O layout das interfaces web precisa também considerar a proporção entre a largura e da altura dos monitores, que apresenta grandes variações. Esta vai desde 4:3, padrão dos aparelhos de TV e PCs, comum nas larguras de 1024 a 1280dpi, até a proporção dos monitores de HDTV, wide screen (16:9, resolução 1280×720 ou 16:10, resolução 1280×800, chegando a 1680×1050 e 2560x 1600).

Em PCs, telas com a largura de 1280dpi, por exemplo, podem ter proporção mais quadrada (como a 1280 x 1024, proporção 5:4) ou mais larga. Estas diferenças de resolução e proporção aumentam ainda mais quando se considera as telas dos dispositivos móveis (Ver Dispositivos móveis : Textos em telas pequenas).

Resoluções a considerar no projeto de interfaces web

No desenvolvimento de web sites para PCs, a decisão sobre a resolução de tela a ser adotada como padrão prioritário depende do perfil da maioria dos usuários ► Exemplo.

O usuário médio que navega na internet, escreve emails e textos, faz planilhas, tende a preferir monitores com resolução mais baixa, pois, além dos dispositivos serem mais baratos, as imagens e os textos ficam mais fáceis de ver e ler. O usuário que usa programas gráficos profissionais para edição de vídeos e imagens, projetos web, visualização de imagens complexas, costuma usar monitores grandes de alta resolução.

Os usuários de jogos costumam preferir as resoluções nativas dos monitores compatíveis com a resolução dos aplicativos, pois quando se aumenta a resolução, o desempenho do jogo tende a diminuir, na medida em que existirão mais pixels a ser processados na tela.

No projeto de intranets, como as condições de acesso são conhecidas, pode-se estabelecer uma resolução padrão que serve de base para o desenvolvimento da interface.

■ Por apresentar compatibilidade com os monitores mais antigos, muitos desenvolvedores web ainda consideram a resolução de 1024 x 768 como base para o desenho de páginas, com largura-referência da interface de 960px, incluindo as dimensões do browser e de barra de rolagem laterais.

Na internet aberta, como o público e as possibilidades de configurações e situações de acesso são amplos, é mais relevante a premissa de que o layout deve se manter estruturado em diferentes configurações. Desta forma, mesmo os usuários com resoluções de tela não prioritárias podem ter uma boa experiência de uso. O tamanho ideal da página previsto no layout deve incluir o maior número de visitantes possível, com uso de diferentes resoluções. ► Exemplo

Alguns autores, como Ethan Marcotte, defendem o chamado “responsive design”, segundo o qual o design de interfaces web para um número cada vez maior de dispositivos deve considerar as diferenças de resolução como facetas da mesma experiência. Pode-se desenhar para uma experiência ideal, mas também agregar tecnologias baseadas nos padrões web para que as telas sejam renderizadas de modo adaptativo a cada mídia ► Exemplos – link externo. (2)

Agradecimentos a Herminio Vitoria, pelas dicas e pelas trocas de ideias.

Leia mais em http://www.avellareduarte.com.br/projeto/interface/interface2/interface2c.htm#ixzz1vF6Rr4L8

Imagens para web – GIF, PNG ou JPG?

O Photoshop vem melhorando constantemente seu algoritmo de compressão para imagens web. E desde que a Adobe adquiriu a Macromedia (e seu Fireworks) o processo de salvar imagens mais leves e de melhor qualidade ficou ainda melhor. A opção “save for web” é repleta de opções e, por assim dizer, armadilhas para quem não é familiarizado com a ferramenta.

Com a imagem aberta no Photoshop selecione o menu File > Save for Web ou pressione Alt+Shift+Ctrl+S.

Da janela que se abre, o que interessa pra nós são as opções da coluna direita, apresentada abaixo:

a tela de opções da ferramenta save for web do Photoshop repleta de parâmatros e filtros

 

Para efeito de comparação entre o original e o resultado final, sugiro escolher a opção “2-Up”, que mantém as imagens lado a lado (ou em cima e abaixo se ela for muito comprida na horizontal).

escolha a opção 2-Up, para exibir as imagens original e optimizada lado a lado

1. GIF, JPG, PNG-8 ou PNG-24?

São as extensões de arquivo e definem a taxa de compressão e a qualidade da imagem. Discutir sobre qual extensão é a ideal depende tão somente do tipo de imagem (foto, figura, logomarca, textura, etc.) e a abordagem pode girar em torno do conceito técnico ou gosto pessoal.

A princípio, todas essas extensões têm um só objetivo: reduzir o peso do arquivo. Tanto melhor se mantiverem a qualidade da imagem. E é aí que reside o diferencial de cada uma.

GIF e PNG-8 trabalham com compressão de imagem através da quantidade de cores que você escolhe e permitem fundo transparente. JPG tem seu algorítimo de compressão baseado na qualidade desejada (baixa, média, alta, muito alta ou máxima) e não permite transparência. Já o PNG-24 não é configurável e se baseia na quantidade de cores da imagem e transparência. É o mais fiel ao arquivo original e também o que pode gerar os arquivos optimizados mais pesados.

  • GIF (Graphics Interchange Format) serve para imagens com cores sólidas (chapadas) sem muitas nuances (degradés) em grandes áreas e permite escolher a quantidade de cores para sua composição (item 8).
    Recomendado para: logomarcas, ícones e textos (como IR para títulos, por exemplo).
  • PNG-8 (Portable Network Graphics de 8 bits), como o próprio nome já diz, é uma extensão voltada para distribuição em rede. Veio para substituir o GIF mas nem sempre gera arquivos menores que seu concorrente. Por conta disso sempre procurei, sem sucesso, um estudo científico que comparasse o algorítimo de compressão de ambos para fins de benchmarking. Sendo assim, recomendo que você teste entre um e outro para ver qual gera o menor arquivo, pois a olho nu são absolutamente idênticos. Particularmente percebo que o PNG-8 se sai melhor do que o GIF. No entanto, se tiver fundo transparente você pode esbarrar em um problema ainda conhecido: compatibilidade com o IE6.
    Também é recomendado para: logomarcas, textos e ícones.
  • JPEG (Joint Picture Experts Group) – ou simplesmente JPG – foi criado para fins fotográficos e seu método de compressão foi pensado para fins de armazenamento. Imagens de alta qualidade necessitam de maior espaço, e vice-versa. Para fins de internet, configurar a qualidade em torno de 40% (média) a 60% (alta) geram resultados mais que satisfatórios e não existe padrão específico. Tudo vai depender do original e da necessidade. Lembrando que um original ruim gera uma imagem ruim e, nesse aspecto, o JPG se assemelha muito às fotocópias impressas. Ou seja, a cópia da cópia vai piorando gradativamente. Assim, o JPG do JPG perde cerca de 20% da qualidade. Portanto, mantenha sempre a matriz para eventuais alterações e poder gerar novos JPGs.
    Recomendado para: fotos, texturas, amplos degradés e imagens de grandes dimensões em geral.
  • PNG-24 (Portable Network Graphics de 24 bits) vem sendo utilizado amplamente não só por sua fidelidade ao original mas por permitir transparência real, sem matte (explico mais adiante o item 5D). Pensando no custo-benefício, se a imagem for uma foto, o JPG sai ganhando pela compressão.

2. Tipos de optimização (GIF e PNG-8)

É a maneira com que a tabela de cores é gerada. O extinto programa Adobe ImageReady (vinculado ao Photoshop 6) chamava isso de “algoritmo de redução de cores”.

  • Perceptiva gera uma tabela de cores com base na percepção do olho humano.
  • Seletiva é semelhante a anterior, porém tenta preservar cores sem contraste e também as web-safe colors. Tende a gerar arquivos ligeiramente maiores, mas é a mais recomendada.
  • Adaptativa se baseia na porção do espectro de cores que representa a maioria das cores na imagem e, portanto, também gera arquivos um pouco maiores que a anterior.
  • Restritiva é a que mais “foge” da semelhança com o original, pois transforma todas as cores da imagem em web-safe colors. E permite que você escolha a quantidade de cores. Curiosamente é a que pode gerar o arquivo de maior tamanho. Mas isso acontece devido a inserção de novos pixels na imagem para que duas ou mais cores, próximas, tentem se parecer mais com o original. O que, de fato, nem sempre acontece. Não recomendo essa optimização pois seu uso é muito específico.

2. Tipos de optimização (JPG)

Tanto em qualidade baixa, média, alta, muito alta e máxima, a compressão do JPG pode ser:

  • Progressiva exibe a imagem aos poucos, permitindo que o usuário perceba que uma imagem está sendo carregada. Deixe esta opção marcada caso sua finalidade seja para dispositivos móveis ou de conexão mais lenta. JPGs progessivos são ligeiramente mais pesados, pois carregam informações extras para a exibição gradativa.
  • Otimizada usa uma tabela de compressão mais efetiva e reduz consideravelmente o peso do arquivo sem perda visual de qualidade. Deixe essa opção marcada sempre.

3. Quantidade de cores (somente GIF e PNG-8)

Desnecessário explicar muito. Mas procure evitar a quantidade máxima (256). A diferença visual usando a metade das cores pode ser imperceptível, já o tamanho do arquivo, não. Na maioria das vezes, botões de menu, itens de navegação e ícones podem ser exibidos muito bem com 32 ou 64 cores. E vale lembrar que você pode escolher um número qualquer de cores além das pré-definidas, mas não recomendo, exceto em casos muito específicos.

4. Dithering

exemplo da atuação do dither, que usa de ruído para imitar visualmente um degradéDither é um “ruído” aplicado intencionalmente para tornar mais homogênea a passagem de uma cor para outra, prevenindo grandes áreas de cor chapada (steps visíveis do degradé). Sem ele a imagem pode ficar com um aspecto de ilustração.

Já os 3 métodos de dithering são muito parecidos a olho nu e o único que pode alterar significativamente no tamanho do arquivo é a 3ª opção.

  • Diffusion, o método mais comum e mais utilizado, por randomização de pixels. Permite ajustar sua intensidade.
  • Pattern, por porções da cor. Padrões definidos se misturam.
  • Noise resulta num ruído mais intenso, inserindo pixels de cor não semelhantes aos seus vizinhos.

5. Transparência (somente GIF, PNG-8 e PNG-24)

exemplo de GIF e PNG com transparência por matte, que é um calço de cor para simular uma transparência real

Apesar de GIF/PNG-8 e o PNG-24 permitirem transparência, somente no PNG-24 ela é, digamos, real. No GIF e PNG-8 a transparência é obtida pormatte, uma espécie de “calço de cor”. Veja na imagem ao lado, figuras com linhas retas como o quadrado não necessitam de matte (e nesse caso nem de transparência, concorda?).

Já rotacionando o quadrado temos linhas diagonais cujo efeito serrilhado, conhecido tecnicamente comoalias gera pixels com cores intermediárias para suavizar visualmente o limite de resolução da tela. Quanto menor a resolução da tela, mais perceptível o serrilhado.

matte entra exatamente onde o anti-alias age. Os pixels transparentes gerados pelo anti-alias são “calçados” previamente pela cor de fundo para causar um melhor recorte. Então, se gerarmos um GIF/PNG-8 transparente com matte em branco, como no exemplo ao lado, o serrilhado continua perceptível em fundos que não sejam o branco, dando uma impressão de falsa transparência.

O PNG-24 acaba com essa limitação, eliminando a necessidade do matte e ampliando o uso de imagens com muitas transparências, sombras, reflexos e etc.

6. Modo Entrelaçado

Entrelaçado e Não Entrelaçado são os modos de exibição da imagem no monitor.

GIFs não entrelaçados são exibidos de cima para baixo de uma só vez. Mesmo que muito rápido, dependendo do tamanho da imagem pode gerar um efeito chamado “flickering” (cintilante) pois o espaço a ser exibida a imagem aparece antes de ela própria.

Já imagens entrelaçadas são exibidas em 4 etapas. A primeira etapa exibe as linhas 8, 16, 24, … (1/8 dos dados da imagem) a segunda as linhas 4, 12, 20, … (1/4 dos dados), depois as linhas 2, 6, 10, … (1/2 dos dados) e finalmente as linhas 1, 3, 5, … completando o carregamento.

exemplo de imagem sendo exibida em 4 etapas para exemplificar o modo entrelaçado

Felizmente, desde a chegada da internet banda larga, não existe mais perceptível vantagem ou desvantagem entre um modo e outro. No entanto, para seu conhecimento, mesmo em conexões mais lentas a desvantagem do modo entrelaçado só era percebida em arquivos muito pequenos (algo em torno de 6Kb), pois este acrescenta alguns bytes no tamanho do arquivo. Por serem pequenos, carregavam mais rápido, não havendo necessidade de mudar seu modo de exibição. Afinal, alguns bytes para um arquivo de cerca de 6Kb faz fazia mais diferença do que uns poucos kbytes para um arquivo de 200, 300, 500Kb.

7. Perfil de cor

Explicar perfis de cores vai além do propósito deste artigo. Melhor deixar essa opção sempre marcada para que toda e qualquer imagem gerada saia com o perfil de cor ideal para internet: O padrão sRGB.

8. Tabela de cores (somente GIF e PNG-8)

Mesmo que você escolha a quantidade de cores (item 3) para compressão, se a imagem contiver um número menor de cores, a tabela exibirá apenas as cores existentes, ignorando a quantidade máxima que você escolheu. Já se a imagem for muito elaborada você pode limitar o número de cores a serem exibidas. Os pequenos losangos brancos em algumas cores representam as web-safe colors. Se você for editar a tabela (remover ou adicionar cores por sua conta) evite remover qualquer uma das web-safe colors.

Penso que isso seja suficiente para que você possa gerar imagens mais leves e de maior qualidade. Se ainda restar dúvidas ou tiver alguma crítica ou sugestão, comente!

Referências:

Técnicos x Professores

Estou na área da informática e a didática mais de 16 anos (ano base 2011). Minha esposa Andréa junto comigo nesta mesma empreitada. Conheci bons técnicos de informática. É uma área vasta tanto quanto a medicina. Há programadores, são aqueles que lidam com códigos e configurações complicadas e fazem os softwares ou programas que movem, controlam e administram tudo.

Há os técnicos de máquina ou hardware. São os que lidam com as peças, consertam, limpam, fazem up grade, montam e até vendem computadores. Montam redes, cabos e fazem as configurações bem complexas também.

Geralmente são muito competentes, mas também são muito quadrados, são bons com as máquinas e códigos e meio sem jeito com o ser humano. Não é uma regra, isto é um generalismo e dê o devido e justo desconto. Mas um fato é simples e certo, por serem muito técnicos NÃO SABEM ENSINAR e só sabem fazer. Ensinar é uma arte, um celibato, uma virtude, um talento, uma competência. É algo que eu e minha esposa possuímos.

Há outra categoria de técnicos e onde também me incluo, são os confeccionadores de site ou web sites, a mesma coisa que possui alguns sinônimos e grafias diferentes como: websites, home pages, etc. Fazer um site é uma arte, e arte é coisa para artistas e o professor é um artista.

Um técnico é inteligente e sabe o que faz, mas quase sempre não tem empatia com o público, principalmente aquele com mais dificulade de navegar na internet e com poucos conhecimentos. Quem tem esta sensibilidade são os professores. Eles é que sabem o que as pessoas sentem, suas dificulades, seus desejos e assim sua experiência de sala de aula lhes dá a competência de sentir empatia com seu público, algo que os meros técnicos sem experiência de sala de aula não possuem.

Seu site precisa de ter a empatia e a sensibilidade com seu público alvo e saber quais suas facilidades, anseios e dificulades. As vezes um site mais simples obtem mais resultados que um site sofisticado. Muito importante é uma coisa chamada NAVEGABILIDADE. Um site didático, de boa navegabilidade com tudo ao alcance de poucos ou um clique. Isto que o público deseja, eficiência, rapidez, agilidade e facilidade. Eu mesmo prefiro navegar nos sites mais simples e sem muitas firulas e enfeites que mais atrapalham que ajudam e fazem o visitante se perder e desistir de sua empresa indo gastar na concorrência.

Venha fazer seu site com quem tem não apenas experiência, mas sensibilidade e experiência didática.

Fraternal abraço de Dalton Campos Roque

Por que colocar sua empresa na Internet?

Em pleno século XXI vejo empreendedores e empresários com resistência a internet. Não acreditam no retorno do investimento em um site. Não possuem a menor visão de mercado e de seu público alvo. A internet possibilitou que fossem abertas empresas eficientes funcionando com uma única pessoa vendendo produtos em todo o Brasil. A internet trouxe oportunidades e surgiram novos empreendedores e a coisa não para de crescer. E ainda assim vemos verdadeiros dinossauros empreendedores que não acreditam que um site possa lhes dar retorno.

As vantagens são muitas:

– Você terá sempre uma vitrine aberta e um vendedor pronto a atender seu cliente potencial;
– Você tem um divulgador dos seus produtos e serviços  trabalhando por você 24hs por dia;
– Não existe distância, deixando o seu produto sempre à um clique, você está aberto para o planeta inteiro;
– Facilidade em se divulgar em um só lugar o conteúdo geral de seu negócio;
– Melhor custo benefício possível de se obter
Coloque a sua empresa na busca de clientes ao lado de Grandes Empresas aumentando a competitividade.

O domínio são aquelas letrinhas ou endereço dos sites da internet geralmente iniciando com WWW. O custo de um domínio é mínimo, entre 35,00 ou 45,00 por ano. Depois você precisa de abrir uma conta num provedor de internet, é onde vai ficar hospedado seu site, é o disco rígido ou HD que vão guardar seus arquivos da Home Page e disponibilizá-los para os visitantes e custa cerca de R$ 107,00 por ano. Um site padrão para microempresa está em torno de mil reais que você paga uma única vez. Eu faço seu site se você quiser, visite meu portfólio no menu ao alto e veja os sites que já fiz e ainda constate minha idoneidade moral conversando com os clientes e pedidno referências.

Se precisar de orientação eu lhe dou, registro seu domínio e abro sua conta de hospedagem, mesmo a distância. Meu parceiro é o Provedor Hospede Fácil também chamado de Hosped Host – www.hospedfacil.com

Registre seu domínio agora! Em apenas 3 passos seu dominio estará registrado.
Clique aqui para registrar não cobramos taxa de setup, registro e transferência de domínios.

Uma coisa que os clientes me perguntam é qual a diferença entre os domínio terminados em .COM e os terminados em .COM.BR. Tecnicamente nenhuma! Isto é uma convenção internacional de identificação. São como prefixos de telefone (antes da portabilidade) cujo início do número indicava qual região morava o titular. Com os domínios é a mesma coisa, o final indica o país.

Mas como a internet é global/mundial isto pouco importa, qualquer um visita e acessa o site de qualquer um em qualquer lugar do mundo com qualquer extensão. E outra coisa muito importante, não basta ter um site, ele tem que se destacar nos mecaniscos de  busca e isto chama-se WEB MARKETING. Em outro post falarei o que é e como funciona o Web Marketing, uma de minhs especialidades. Fique com meu abraço.

O que é Smartphone?

windowsmobile O que é Smartphone? Entenda o Que é! Muito se ouve falar atualmente em Smartphones, mas o que é, para que serve e por que devo comprar? Essa é a pergunta que tenho ouvido muitas pessoas me fazendo, então, conforme prometido, trago à luz as informações mais relevantes sobre Smartphones.

O que é Smartphone?

Acho que é justo dizermos que um smartphone é um celular, uma vez que ele engloba essa função, porém, as funcionalidades deste pequeno dispositivo móvel vão muito além disso. Smartphone que traduzindo, significa algo do tipo “telefone inteligente”, é um aparelho celular que engloba muitas das principais tecnologias de comunicação e serviços que temos num computador ou em outros dispositivos, como acesso à e-mails, mensagens instantâneas (como o MSN), internet, GPS, entre outros.

Os Smartphones possuem diversos meios de se comunicar com outros dispositivos através de Bluetooth, infravermelho e internet, com a finalidade de transferir arquivos de vídeo, fotos, música, planilhas, ou até mesmo sincronizar informações com outros programas no computador ou em outros Smartphones. Como um smartphone pode ser útil?

Os smartphones unem basicamente as funções de um PDA com as de um telefone celular de última geração e estão relativamente, cada vez menores e mais simples de usar, pois suas funcionalidades e ferramentas de software estão se assemelhando cada vez mais com as dos sistemas operacionais que usamos nos PCs.

Inclusive alguns rodam versões adaptadas do próprio Microsoft Windows, com office, MSN e companhia. Por ser tão “tudo em um” e ser bem portátil, está cada vez mais se tornando o meio mais viável de se transportar os dados, se comunicar, agendar-se e por aí vai…

Outra característica englobada pelos smartphones, que fazem muito juz ao título, é a capacidade de armazenamento que está cada vez maior, uma vez que além de planílhas, apresentações em slide, e-mails, fotos, eles também permitem gravação de vídeos por longo período de tempo e com resoluções agradáveis o suficiente para assistirmos em um monitor de TV ou de Computador.

São muito extensas utilidades de um Smartphone. Para quem tem rede sem-fio em casa, os Smartphones podem acessá-la e assim, estar conectado à sua rede de internet, ou então pode ser conectado á redes públicas de internet sem fio, como em aeroportos, lanchonetes, universidades, shoppings, etc.

Há, dentre as  funções de um Smartphone, ferramentas como GPS, Câmera de vídeo de alta resolução, internet com banda-larga (desde que devidamente acordado com a operadora), Captação de Sinais de TV (embora não sejam todos os modelos de aparelho e que permitam isso), Funcionam como players de vídeo e áudio, podem ser usados com programas como Skype e muito mais.

smartphone O que é Smartphone? Entenda o Que é!

Qual o custo dos Smartphones?

Essa questão é mais complicada, já que quanto mais completo o aparelho for e quanto maior as opções de serviço contratados pelas operadoras, maior será o custo. Isso é bem pessoal e vai da necessidade de cada usuário.

Os Serviços variam de uma operadora para outra, mas saiba que estes serviços que precisam ser contratados com a operadora são basicamente os de banda-larga, GPS e aqueles relacionados às funcionalidades de Celular. Consulte sua operadora para saber mais detalhes do que ela tem à lhe oferecer. Estes recursos extra-celulares estão geralmente ligados ao termo 3G pelas operadoras. toshiba g900 O que é Smartphone? Entenda o Que é!

Os fabricantes de Celulares e as operadoras estão cada vez mais aprimorando as tecnologias para o uso de smartphone. Mas como comprar um aparelho novo sempre exige muita pesquisa, vai uma dica que uso para meus “upgrades” pessoais: Sempre dou uma consultada nas informações técnicas dos aparelhos e os comparo antes de fazer a compra.

O site GSM Arena (em inglês) é um dentre outros que podem ser usados para se obter informações como quanto tempo dura a bateria, tamanho do monitor, capacidades de armazenamento e dentre muitas outras, ainda posso saber a opinião de pessoas que compraram o aparelho em vista, algo que pessoalmente, acho muito relevante.

umpc smartphone nokia n951 O que é Smartphone? Entenda o Que é!

É isso… Tentei apagar de maneira simplória os porquês mais comuns relativos à Smartphones, no intuito de ajudar um pouco na informação ou escolha destas mini-maravilhas. Se você ainda não tem seu Smartphone, aproveite para refletir sobre isso um pouco, pois as vantagens são muitas!