Lendas sobre PCs e informática que todos devem saber

1. Faz mal ao PC ter ímãs colados à Gabienete (caixa que contém a CPU). Falso. Nenhum problema com a Gabienete (caixa que contém a CPU), mas não podemos dizer o mesmo do monitor, pois desgasta suas cores. Evite a qualquer custo utilizar equipamentos imantados muito próximos aos monitores, pois as cores podem resultar distorcidas.

2. Empurrar o cd com o dedo para inserí-lo na Gabienete (caixa que contém a CPU) é prejudicial ao equipamento. Falso.Nada a ver. Nada irá acontecer se você empurrar com uma força normal. Foi feito exatamente para isso.

3. Água ou café derramada sobre o teclado pode arruinar seu funcionamento. Verdadeiro. Estragam as trilhas metalizadas que estão embaixo das teclas. Podem criar um curto-circuito e queimar.

4. É necessário ter espaço entre o monitor e a parede atrás dele. Falso. Monitor não é geladeira. O ambiente em geral deve estar ventilado, mas não é indispensável que seja muita a distância. É muito pior ter outro monitor atrás (como acontece em muitos escritórios) porque pode haver o risco de ter interferências entre os PCes.

5. Quando o PC passou a noite toda ligado, é melhor desligá-lo e voltar a reiniciar. Falso. Pode seguir ligado sem problema algum. Ainda que pareça o contrário e dê vontade de desligá-lo um momento para que descanse, seguindo a lógica humana, o Disco Rígido dura muito mais se permanecer ligado e não sendo o tempo todo ligado e desligado. Por uma questão de economia de energia, não convém deixar ligado por vários dias, mas se não levarmos em conta o fator do aquecimento global seria muito melhor para o PC nunca desligá-lo. Eles foram criados para isso.

6. Gasta mais energia ao ser ligado do que em várias horas de uso. Falso. Ao ligar não consome tanto como para superar as horas de funcionamento. Ao desligar poupa-se energia e se permanecer ligado gasta, como qualquer outro eletrodoméstico.

7. Faz mal ao PC ter algum celular por perto. Falso. Sem problema algum, no máximo um ronco provocado pela interferência de uma chamada.

8. Depois de desligar o PC é melhor deixá-lo descansar uns segundos antes de voltar a ligar. Verdadeiro. É recomendável esperar no mínimo alguns segundos antes de voltar a ligá-lo. 10 segundos deve ser o suficiente.

9. Mover a Gabienete (caixa que contém a CPU) quando o PC está ligado pode queimar o Disco Rígido. Falso. A força centrífuga com que gira o Disco Rígido é tanta que não acontece nada ao se mover a Gabienete (caixa que contém a CPU). Muito menos ainda em se tratando de um notebook, porque eles foram feitos para isso.

10. Pelo bem do monitor, é conveniente usar protetor de tela quando não está em uso. Verdadeiro. Porque o mecanismo do protetor de tela faz com que o desgaste das cores da tela seja uniforme. Ao renovar as imagens constantemente, não se gasta num mesmo lugar.

11. Quando há chuva forte, é absolutamente necessário tirar o plugue do PC da tomada. Verdadeiro. Deveria ser adotado como uma obrigação no caso de uma chuva muito forte, com muitos raios e trovões. Da mesma forma, é aconselhável retirar os cabos do telefone e da alimentação do modem para que não queimem com a descarga de raios.

12. Não é conveniente olhar a luz vermelha que está embaixo do mouse óptico. Verdadeiro. Pode até não deixar ninguém cego, mas é uma luz bastante forte que pode sim fazer mal a retina.

13. Nos notebooks deve-se acoplar primeiro o cabo de eletricidade à máquina e somente depois esse cabo a tomada. Falso. Tanto faz. Quase todos os equipamentos portáteis atuais tem proteção de curto-circuito e são multi-voltagem, podem ser ligados em tensões de 90 a 240 volts, pelo que são sumamente estáveis.

14. Ao desligar o PC convém também desligar o monitor. Falso. Outra vez, tanto faz. Ao desligar a Gabienete (caixa que contém a CPU), o monitor fica num estado em que consome muito pouca energia (pouca coisa mais que 1W) e não sofre desgaste algum. A decisão termina sendo em função da economia, ainda que o consumo seja realmente mínimo.

15. Não se deve colocar cds, disquetes ou qualquer outro elemento sobre a Gabienete (caixa que contém a CPU). Falso. Lógico, nada do que é colocado sobre a Gabienete (caixa que contém a CPU) pode ser afetado ou avariado, a não ser que esteja úmida e a água possa chegar ao equipamento.

16. O PC nunca pode ficar ao sol. Verdadeiro. Se ele esquentar mais do que o habitual, sua vida útil tende a decrescer. Por isso nunca é boa idéia instalar o PC próximo a janelas onde bate o sol.

17. Se mais de 80% do Disco Rígido tiver sendo usado, a máquina se torna mais lenta. Verdadeiro. Sempre é uma questão de porcentagem. Por mais que se tenha 20 Gb livres, se for menos de 20% da capacidade do disco, o funcionamento do PC será lento.

18. Não se deve tirar o pen drive sem avisar à máquina. Verdadeiro. Deve ser selecionada a opção ‘Retirar hardware com segurança’ antes de retirá-lo. Caso contrário, corre-se o risco de queimar a memória do USB.

19. Ter o desktop cheio de ícones deixa o PC mais lento. Verdadeiro. Não importa se são ícones de programas ou arquivos. O que acontece é que a placa de vídeo do PC renova constantemente a informação apresentada na tela, e quanto mais ícones, mais tempo.

20. Desligar a máquina diretamente no botão, sem selecionar previamente a opção de desligar o equipamento, estraga o Disco Rígido. Verdadeiro. O Disco Rígido pode queimar ao ser desligado enquanto ele ainda está lendo ou escrevendo em alguma parte do sistema. Ademais, quando a energia é desligada subitamente, as placas que cobrem o disco (que gira até 10 mil rotações) descem sobre ele e podem ir riscando até que alcancem a posição de descanso. Ao selecionar a opção ‘Desligar o PC’, todo o sistema se prepara para repousar e suspende todas as atividades. Cada peça vai ficar em seu devido lugar.

Quais os Discos Rígidos mais duráveis?

Uma das respostas para essa questão foi elaborada pelo pessoal da Backblaze, que trabalha com o serviço de armazenamento de dados

Créditos: http://www.tecmundo.com.br/disco-rigido/49402-qual-e-a-empresa-que-produz-os-hds-mais-resistentes-.htm?utm_source=facebook.com&utm_medium=referral&utm_campaign=imggrande 

Ao comprar um disco rígido, diferentes características devem ser levadas em consideração, como a capacidade armazenamento ou a compatibilidade com o dispositivo que você vai usar em conjunto com o componente. Acontece que a durabilidade do HD também deve ser avaliada — afinal de contas, é bastante chato ser obrigado a refazer o investimento em um curto espaço de tempo.

Dessa maneira, fica a questão: qual a empresa que produz os discos rígidos mais duráveis? Assim como você já deve imaginar, responder a essa pergunta é uma tarefa um tanto quanto complicada, mas o pessoal responsável pelo Backblaze chegou a uma conclusão própria. A fonte em questão trabalha com o serviço de armazenamento de dados no formato de backup.

Testando milhares de “voluntários”
Por conta disso, a empresa (que é consideravelmente conhecida no seu meio) trabalha com uma grande quantidade de discos rígidos e teve a chance de avaliar de maneira eficiente o funcionamento de todos eles. Para você ter uma ideia melhor, o serviço conta com mais de 12 mil HDs da Seagate, mais 12 mil da Hitachi e quase 3 mil da Western Digital.

O alto número de componentes se dá pelo simples fato de que a Backblaze compra em primeiro lugar pelo custo benefício, sendo que a durabilidade é algo secundário (mas importante) para eles. Desse modo, eles mantêm um controle anual para constatar quais as marcas que apresentam a maior taxa de falha e em quais modelos.

Chegando a uma resposta…

HDs mais duráveis

HDs mais duráveis

A imagem acima mostra um pequeno gráfico com as análises do último ano. Mesmo com os componentes Hitachi sendo mais antigos, apenas 1% das versões de 2, 3 e 4 TB apresentou algum tipo de falha. Em segundo lugar, veio a Western Digital (taxa de erro entre os HDs que varia de 3 a 4%) e por último a Seagate (entre 3% e 13%).

Sendo assim, depois de um ano de trabalho contínuo, quase que 97% dos componentes da Hitachi continuam funcionando, seguidos de perto pela Western Digital (94,8%) e, em um distante terceiro lugar, vem a Seagate (73,5%). Por conta disso, dentro da experiência da Backblaze, foi possível concluir que a multinacional japonesa produz os discos rígidos mais duráveis.

Atenção! Há um porém

Dentro do site da empresa, também há informações mais detalhadas sobre o assunto, mostrando quais os modelos com maior resistência. Entre eles, podemos destacar o Hitachi Deskstar 5K4000 (de 4 TB), o Seagate Barracuda 7200 (1,5 TB) e também o Western Digital Green (3 TB). No entanto, a Backblaze apresenta outros componentes com alta taxa de durabilidade.

Apesar de a empresa de serviços de backup ter apresentado dados interessantes e sólidos, o Tecmundo avisa que a resposta alcançada não pode ser considerada definitiva ou universal. Isso acontece pelo simples fato de que o sistema da Backblaze não consegue trabalhar com discos rígidos de certas empresas, como é o caso da Samsung.

Apesar de essa observação ser relevante, o estudo feito pela Backblaze é interessante e pode ajudar quem está procurando por um HD que dure por um bom tempo — principalmente sob trabalho intenso — e conte com uma grande capacidade de armazenamento. Caso você tenha experiências com produtos que duraram por um bom tempo (ou não), não se esqueça de compartilhá-la na forma de um comentário.

Fonte: Backblaze

Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/disco-rigido/49402-qual-e-a-empresa-que-produz-os-hds-mais-resistentes-.htm#ixzz2r84ITlbN

Vale a pensa comprar no Mercado Livre?

Sempre comprei no Mercado Livre. Na época possuía bons preços e juros razoáveis, mas não havia muita segurança, o cliente tinha que ter malícia para comprar.

Montei um computador inteiro comprando todas as peças por lá de vários fornecedores diferentes e um montei um excelente computador na época. Era um Qradricore G0 recém lançado com excelente custo-benefício.

Agora estava vendo para comprar um HD externo portátil USB 3.0 de 1000 Gigabytes ou 1 Terabyte – http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-425493674-hd-externo-de-bolso-1000gb-super-slim-seagate-1tb-goflex-_JM – neste link aí.

O HD está custando R$ 374,00 a vista e em 3 vezes no cartão fica 3 x R$ 136,20 = R$ 480,60, mais o frete de uns R$ 20,00 na modalidade mais barata o que totaliza uns R$ 500,00.

Comparei com o preço da praça em Curitiba em local idôneo e barato com garantia e nota fiscal. O preço ficou R$ R$ 435,00 em até 6 vezes sem mais acréscimos 6 x 72,50. A vista ficou em R$ 410,00.

No Mercado Livre em 6 x a parcela sai por R$ 70,60 perfazendo um total de R$ 423,60 + frete 20,00 = R$ 443,60.

 

Comparativo apenas valores – HD 1 Terabyte

Na praça …………………………………… No mercado Livre

A vista: R$ 410,00 ………………………… R$ 394,00 (c frete)

Três vezes: 3 x 145,00 ……………………… 3 x 143,20 (c frete)

Seis vezes:  6 x 72,50 …………………………….. 6 x 77,60 (c frete)

 No Mercado livre o valor ainda irá variar ligeiramente para cima por questões de frete.

Então vamos fazer uma síntese de vantagens e desvantagens

Vantagens do Mercado Livre

  • Preço a vista é quase sempre o melhor;
  • Mais opções e variedades;
  • As explicações técnicas detalhadas costumam ser boas e favorecem a quem entende do assunto;
  • Garantia do Mercado Livre agora é obrigatória pelo código do consumidor.

Desvantagens do Mercado Livre

  • Preço parcelado é SEMPRE O PIOR independente da quantidade de parcelas;
  • Algumas empresas são sérias e emitem Nota Fiscal verdadeira, mas a maioria é contrabando de pessoas físicas sem CNPJ, prometem nota, mas no fim só emitem um recibo impresso em computador.
  • Prazo de entrega – aqui é o mesmo prazo de qualquer compra pela internet, mas vou colocar como desvantagem, pois pessoalmente a “entrega” é imediata;
  • Prazos menores de garantia das mercadorias, geralmente o mínimo obrigatório por lei – 3 meses;
  • Mercadoria com defeito, você pode devolver, mas tem que pagar o frete de retorno, tendo mais despesas e mais dor de cabeça e perde mais tempo de espera.

Mas pesquisando mais encontrei em outro lugar HD idêntico mais barato e com frete grátis aqui, melhor que as duas opções anteriores. Claro, que temos que ter cuidado onde comprar, mas amanhã mesmo 29/06/2012 vou ligar para lá e pedir o CNPJ antes de comprar e vou fazer meus backups de forma mais organizada.

Então o negócio é pesquisar e ver como está o contexto do que você precisa comprar. No geral o Mercado Livre está mais desfavorável atualmente, principalmente por causa do custo e da garantia e isto chama-se custo-benefício.

As vezes o barato sai caro e olhar nos olhos do comprador ainda é a melhor opção. Há lojas on-line boas que devem ser pesquisadas e comparadas também que oferecem TODAS as garantias e ainda mais alguma por conta de conquistarem o cliente. Como o Mercado Livre apenas intermedia, ele não se importa em conquistar o cliente, só se preocupa com volume de vendas.

iPad 2 x novo iPad

Vale a pena gastar seu dinheiro no novo produto da Apple?

Como já era esperado, o fenômeno se repetiu. O novo iPad está vendendo como água. Foram mais de um milhão de unidades por dia, apenas nos primeiros dias de comercialização. E esse número tende a subir mais ainda, à medida que mais países recebem a novidade.
Certamente muitos brasileiros em viagem por países em que a novidade já está à venda vão se sentir tentados a comprar o novo modelo. Mas, será que vale a pena correr e trocar o seu iPad 2 pelo novo? E mais: com a queda de preços do iPad 2, não valerá a pena apostar no modelo mais antigo, pelo menos por agora?
Para nós, brasileiros, a resposta é: muito provavelmente valerá a pena insistir com o modelo antigo por mais algum tempo. E a explicação é simples.

Ao comparar o novo iPad com o iPad 2, algumas novidades chamam a atenção. A primeira e mais falada é a tela, que agora tem a incrível resolução de 2046×1536 pixels. Como já foi dito, isso é mais resolução que uma TV Full HD. Resultado: imagens com nitidez impressionante. Mas, detalhe: a maior difererença será percebida em fotos, em ícones e, talvez, em games mais recentes. Em vídeos e em filmes – mesmo que eles estejam em alta definição, a diferença é menos evidente. Não há um ganho tão significativo na comparação com as imagens que o iPad 2 já exibe.

A câmera do novo iPad… Aí sim temos uma diferença bem grande. A do iPad 2 tem 1.3 megapixels. A do novo iPad tem 5 megapixels – além de um conjunto ótico melhor. Mas, cá entre nós, o iPad não tem exatamente entre suas primeiras funções substituir uma câmera fotográfica. Até pelo tamanho, um smartphone cumpre melhor a tarefa. Ou seja, uma câmera melhor é bom? Claro que sim, mas não achamos que seja um fator decisivo de compra…

Incontestável é a diferença de velocidade do processador. O novo é quase duas vezes mais rápido que o anterior em determinadas tarefas. Mas, quem tem um iPad 2, sabe que ele não deixa a desejar em termos de velocidade para a maior parte dos usos.
Conexão 4G. Na nossa humilde opinião, essa é uma das maiores novidades do novo iPad. A possibilidade de usar conexões móveis 4G é o que faz a maior diferença entre os dois modelos. Isso porque enquanto o atual usa o 3G e consegue se conectar a uma velocidade de 1 Mb/s, o novo pode alcançar teoricamente até 100Mb/s – dependendo da rede, é claro. Esssa diferença de velocidade abre um mundo de possibilidades de uso para o novo iPad. Significa dizer que, onde quer que você esteja, sempre que haja uma rede 4G, você poderá navegar pela internet com uma velocidade que algumas vezes será superior a das conexões convencionais de banda larga.
E aí está o “xis” da questão para nós brasileiros. O 4G ainda vai demorar a dar as caras por aqui. Não é difícil que a Apple lance um novo iPad no começo do ano que vem, antes que tenhamos conexão 4G no Brasil. Ou seja, talvez o iPad de 4ª geração – que pode ser lançado em março do ano que vem – deve chegar antes do 4G brasileiro…

Resumindo, já que a conexão é o que faz mais diferença na nossa opinião – e já que o iPad 2 tende a cair de preço – talvez, para nós brasileiros, faça sentido investir no modelo anterior do aparelho, já que a infra-estrutura de comunicação do país não está pronta para que você possa desfrutar plenamente do novo iPad… É claro que, dependendo do seu uso, talvez a nova câmera e a nova tela façam muita diferença, o que justificaria comprar o novo iPad. Caso contrário, se você já tem um iPad 2, ou quer valorizar seus reais, talvez não valha a pena correr para a fila para comprar o novo brinquedinho por enquanto.

Técnicos x Professores

Estou na área da informática e a didática mais de 16 anos (ano base 2011). Minha esposa Andréa junto comigo nesta mesma empreitada. Conheci bons técnicos de informática. É uma área vasta tanto quanto a medicina. Há programadores, são aqueles que lidam com códigos e configurações complicadas e fazem os softwares ou programas que movem, controlam e administram tudo.

Há os técnicos de máquina ou hardware. São os que lidam com as peças, consertam, limpam, fazem up grade, montam e até vendem computadores. Montam redes, cabos e fazem as configurações bem complexas também.

Geralmente são muito competentes, mas também são muito quadrados, são bons com as máquinas e códigos e meio sem jeito com o ser humano. Não é uma regra, isto é um generalismo e dê o devido e justo desconto. Mas um fato é simples e certo, por serem muito técnicos NÃO SABEM ENSINAR e só sabem fazer. Ensinar é uma arte, um celibato, uma virtude, um talento, uma competência. É algo que eu e minha esposa possuímos.

Há outra categoria de técnicos e onde também me incluo, são os confeccionadores de site ou web sites, a mesma coisa que possui alguns sinônimos e grafias diferentes como: websites, home pages, etc. Fazer um site é uma arte, e arte é coisa para artistas e o professor é um artista.

Um técnico é inteligente e sabe o que faz, mas quase sempre não tem empatia com o público, principalmente aquele com mais dificulade de navegar na internet e com poucos conhecimentos. Quem tem esta sensibilidade são os professores. Eles é que sabem o que as pessoas sentem, suas dificulades, seus desejos e assim sua experiência de sala de aula lhes dá a competência de sentir empatia com seu público, algo que os meros técnicos sem experiência de sala de aula não possuem.

Seu site precisa de ter a empatia e a sensibilidade com seu público alvo e saber quais suas facilidades, anseios e dificulades. As vezes um site mais simples obtem mais resultados que um site sofisticado. Muito importante é uma coisa chamada NAVEGABILIDADE. Um site didático, de boa navegabilidade com tudo ao alcance de poucos ou um clique. Isto que o público deseja, eficiência, rapidez, agilidade e facilidade. Eu mesmo prefiro navegar nos sites mais simples e sem muitas firulas e enfeites que mais atrapalham que ajudam e fazem o visitante se perder e desistir de sua empresa indo gastar na concorrência.

Venha fazer seu site com quem tem não apenas experiência, mas sensibilidade e experiência didática.

Fraternal abraço de Dalton Campos Roque

O que é Smartphone?

windowsmobile O que é Smartphone? Entenda o Que é! Muito se ouve falar atualmente em Smartphones, mas o que é, para que serve e por que devo comprar? Essa é a pergunta que tenho ouvido muitas pessoas me fazendo, então, conforme prometido, trago à luz as informações mais relevantes sobre Smartphones.

O que é Smartphone?

Acho que é justo dizermos que um smartphone é um celular, uma vez que ele engloba essa função, porém, as funcionalidades deste pequeno dispositivo móvel vão muito além disso. Smartphone que traduzindo, significa algo do tipo “telefone inteligente”, é um aparelho celular que engloba muitas das principais tecnologias de comunicação e serviços que temos num computador ou em outros dispositivos, como acesso à e-mails, mensagens instantâneas (como o MSN), internet, GPS, entre outros.

Os Smartphones possuem diversos meios de se comunicar com outros dispositivos através de Bluetooth, infravermelho e internet, com a finalidade de transferir arquivos de vídeo, fotos, música, planilhas, ou até mesmo sincronizar informações com outros programas no computador ou em outros Smartphones. Como um smartphone pode ser útil?

Os smartphones unem basicamente as funções de um PDA com as de um telefone celular de última geração e estão relativamente, cada vez menores e mais simples de usar, pois suas funcionalidades e ferramentas de software estão se assemelhando cada vez mais com as dos sistemas operacionais que usamos nos PCs.

Inclusive alguns rodam versões adaptadas do próprio Microsoft Windows, com office, MSN e companhia. Por ser tão “tudo em um” e ser bem portátil, está cada vez mais se tornando o meio mais viável de se transportar os dados, se comunicar, agendar-se e por aí vai…

Outra característica englobada pelos smartphones, que fazem muito juz ao título, é a capacidade de armazenamento que está cada vez maior, uma vez que além de planílhas, apresentações em slide, e-mails, fotos, eles também permitem gravação de vídeos por longo período de tempo e com resoluções agradáveis o suficiente para assistirmos em um monitor de TV ou de Computador.

São muito extensas utilidades de um Smartphone. Para quem tem rede sem-fio em casa, os Smartphones podem acessá-la e assim, estar conectado à sua rede de internet, ou então pode ser conectado á redes públicas de internet sem fio, como em aeroportos, lanchonetes, universidades, shoppings, etc.

Há, dentre as  funções de um Smartphone, ferramentas como GPS, Câmera de vídeo de alta resolução, internet com banda-larga (desde que devidamente acordado com a operadora), Captação de Sinais de TV (embora não sejam todos os modelos de aparelho e que permitam isso), Funcionam como players de vídeo e áudio, podem ser usados com programas como Skype e muito mais.

smartphone O que é Smartphone? Entenda o Que é!

Qual o custo dos Smartphones?

Essa questão é mais complicada, já que quanto mais completo o aparelho for e quanto maior as opções de serviço contratados pelas operadoras, maior será o custo. Isso é bem pessoal e vai da necessidade de cada usuário.

Os Serviços variam de uma operadora para outra, mas saiba que estes serviços que precisam ser contratados com a operadora são basicamente os de banda-larga, GPS e aqueles relacionados às funcionalidades de Celular. Consulte sua operadora para saber mais detalhes do que ela tem à lhe oferecer. Estes recursos extra-celulares estão geralmente ligados ao termo 3G pelas operadoras. toshiba g900 O que é Smartphone? Entenda o Que é!

Os fabricantes de Celulares e as operadoras estão cada vez mais aprimorando as tecnologias para o uso de smartphone. Mas como comprar um aparelho novo sempre exige muita pesquisa, vai uma dica que uso para meus “upgrades” pessoais: Sempre dou uma consultada nas informações técnicas dos aparelhos e os comparo antes de fazer a compra.

O site GSM Arena (em inglês) é um dentre outros que podem ser usados para se obter informações como quanto tempo dura a bateria, tamanho do monitor, capacidades de armazenamento e dentre muitas outras, ainda posso saber a opinião de pessoas que compraram o aparelho em vista, algo que pessoalmente, acho muito relevante.

umpc smartphone nokia n951 O que é Smartphone? Entenda o Que é!

É isso… Tentei apagar de maneira simplória os porquês mais comuns relativos à Smartphones, no intuito de ajudar um pouco na informação ou escolha destas mini-maravilhas. Se você ainda não tem seu Smartphone, aproveite para refletir sobre isso um pouco, pois as vantagens são muitas!