Velocidade de Provedores e Web Sites

Como você pode otimizar a velocidade do seu site para que ele fique mais rápido? Existem passos específicos que devemos tomar para diminuir o tempo que leva para carregar as páginas do site? Se você ainda não tinha ouvido falar disso, até o Matt Cutts, o super evangelista do Google, já deixou bem claro que a a velocidade do seu site afeta os resultados no ranking das pesquisas do motor de buscas. Então, qual é a melhor maneira de melhorar o desempenho, a velocidade e o tempo de resposta do seu site?

Crédito da foto Chris Lamphear

As conexões de banda larga ainda não são um padrão mundial, as pessoas que não tem ADSL ou uma linha mais rápida têm que perder mais tempo pesquisando e acessando informações online. Um site que carrega o mais rápido possível, pode, dessa maneira, ajudá-lo e muito a atingir usuários com uma conexão de Internet lenta.

” […] se o tempo de carregamento da página ultrapassar de 8 a 10 segundos, aumenta a frustração do usuário. Pesquisas recentes mostraram que cerca de um terço de todos os usuários de banda larga não gostam de aguardar mais de 4 segundos para que uma página carregue. Para usuários de banda normal, quase a metade deles não espera mais de seis segundos. ” (Fonte In Usability We Trust)

Ponha-se no lugar de um de seus leitores ou potenciais clientes. Você já se sentiu frustrado ao tentar abrir uma página web que leva uma eternidade para carregar? Eles também.
Um site cheio de vídeos, imagens de alta resolução e gráficos extravagantes é, sem dúvida, muito legal, mas no final das contas, o que vale é a facilidade e a rapidez com que as pessoas podem acessar seu conteúdo. Lembre-se que quando existe frustração, não demora muito para que os seus leitores abandonem o seu site ou blog.

Portanto, é fundamental que qualquer editor online sério invista pelo menos um pouco de tempo e recursos para aprender tudo o que for possível sobre como otimizar a velocidade do seu site.

Mas, em que ponto é que você começa a tornar o seu site realmente mais rápido?
Pelas imagens? Ou quem sabe removendo todas as extensões, widgets e plugins da barra lateral que juntou e instalou ao longo dos anos? Ou será que é necessário realmente começar aprimorando o seu código HTML? Se você tem pouca ou nenhuma experiência nestas áreas, acelerar o seu site pode realmente ser uma tarefa complicada.

Neste guia da MasterNewMedia, você encontrará uma seleção especial de tutoriais online e ferramentas para ajudá-lo a descobrir tudo o que precisa saber sobre como acelerar o seu site, incluindo um tutorial novo em duas partes inéditos de Drazen Dobrovodski, o próprio e querido webmaster da MasterNewMedia.

Na parte 1, abaixo, você vai aprender com ele, como realmente medir e testar o desempenho de seu provedor de hospedagem. Uma vez que o provedor de hospedagem é normalmente um componente crítico de qualquer estratégia de otimização de velocidade, o que o Drazen tem a aconselhar é verdadeiramente valioso e pode ser imediatamente posto em prática para tornar o seu site mais rápido.

****

Como Escolher Um Provedor De Hospedagem Rápido
por Drazen Dobrovodski

Muitos tutoriais sobre a velocidade de um site simplesmente ignoram como se escolhe um serviço rápido de hospedagem web. Eles vão direto às questões de codificação, presumindo que sua velocidade de host é boa quando tudo o que se refere à velocidade de um site começa justamente com o serviço de hospedagem que você contratar.
Uma série de serviços de hospedagem surgem a cada dia, mas não se pode pensar que todos eles são igualmente bons para as suas necessidades. Se você terminar escolhendo uma hospedagem ruim, toda a velocidade que você ganha na otimização do código das suas páginas pode ser anulada pela performance do servidor/conexão.
Não vou entrar em todos os o (facilmente encontráveis no Google) detalhes sobre por que a maioria dos sites que você vê na NET estão usando hospedagem compartilhada, e por que isso significa que seu site estará no mesmo disco rígido com algumas dezenas de outros sites usando a mesma conexão de Internet. Tudo se resume simplesmente a isto – a configuração de hardware do serviço de hospedagem e o número de outros sites que hospedam é um dos fatores determinantes para a velocidade do site. É por isso que você deve mensurá-lo e é assim como se você faz.

***

Como Medir A Velocidade Do Seu Site – Método 1

Primeiro, você deve saber, onde está o seu público alvo.
Se você tiver como alvo um certo país ou uma região, deve escolher um serviço de hospedagem da mesma área.

Se o seu público-alvo está nos EUA e seu servidor na China ou a Índia, não pode esperar que o público testemunhe um carregamento de páginas mais rápido que aconteceria se o servidor estavisse mais perto.

Você também deve testar a velocidade da conexão de Internet em sua área de destino. Se você estiver localizado em outro lugar, pode pedir para alguém fazer isso por você. É rápido e fácil de fazer. Para testar a velocidade de conexão, realizamos um ” ping “.

Se você estiver em um PC, vá para:

Start – > Clique em Run – > Digite “cmd” e aperte enter – > Digite “ping [a URL do serviço de hospedagem]” e pressione Enter

Se estiver usando um Linux:

Abra uma janela Terminal e digite “ping [a URL do serviço de hospedagem]”

Se você estiver usando um Mac, vá para:
Applications -> Utilities -> Network Utility -> “ping (entre a URL do serviço de hospedagem)”

A resposta deve incluir algo assim:
Packets: Sent = 4, Received = 4, Lost = 0 (0% loss)

Se a resposta não incluir “0 % loss”, aí você nem precisa checar os outros resultados, é melhor procurar outro provedor. Significa que os pacotes HTTP (dados) se perde no caminho. Se a perda for 0%, procure pela linha que mostra:

Minimum = [number] ms, Maximum = [number] ms, Average = [number] ms

Estes números devem ser o mais baixos possível. Eles informam o quão rápido o servidor está respondendo. Se o servidor de hospedagem tem conexão ruim, ou muitos sites, ou simplesmente alguns dos seus sites estão retardando o servidor com conteúdo pesado, o servidor demorará muito para responder.

Se os números estiverem em torno de (ou mesmo abaixo de) 80, isso é bom.
Se todos estiverem acima de 100 (e de ter enviado o ping do mesmo país onde o seu público está localizado), isso não é bom e você precisa procurar outro serviço de hospedagem.

***

Como Medir A Velocidade Do Seu Site – Método 2

Outra forma rápida e fácil para checar o número de servidores entre o seu público-alvo e o serviço de hospedagem é fazer o seguinte:

No PC ir em:

Iniciar -> Clicar em Run -> Digitar “cmd” e pressionar Enter -> Digitar “tracert [URL do serviço de hospedagem]” e pressionar Enter

No Linux OS:

Abrir uma janela Terminal e digitar “traceroute -I [URL do serviço de hospedagem]”

No Mac, ir em:
Applications -> Utilities -> Network Utility -> “traceroute (URL do serviço de hospedagem)”

O que você vê é uma lista de servidores entre você e o servidor de hospedagem. Todas as páginas do seu site vão passar por todos os servidores do mesmo jeito que o seu público-alvo (presumindo que você está fazendo o teste na mesma área onde está localizado o seu público).

Pessoas que nunca tenham feito uma rota de rastreamento sempre acham esse procedimento fascinante porque abre os olhos para a realidade da web. Todos os dados de qualquer uma das páginas que você visita passa por um número de servidores antes que ele atinja você.

Se qualquer um desses servidores acaba apresentando problemas ou lentidão, os leitores notam que o acesso ao site está mais lento, independentemente do fato de o servidor ser rápido e as páginas perfeitamente sintonizadas para a velocidade. Isto significa que quanto menos servidores entre o seu público e seu servidor de hospedagem, menor é a chance de algo dar errado ao longo do caminho. Isso também explica por que grandes empresas como o Google também colocam seus servidores em vários locais no mundo – ele mantém a velocidade boa e até a carga sobre os servidores para baixo.

Depois de ter escolhido o melhor serviço de hospedagem e seu domínio estiver no ar, você pode executar o mesmo teste usando somente a URL do seu site dessa vez. Esta é uma boa ideia, pois os serviços de hospedagem têm mais de um servidor e geralmente hospedam o próprio site da empresa no melhor deles (que é o que você testou anteriormente).

Agora, você vai querer saber o servidor onde seu site foi hospedado é realmente bom. Os mesmos números se aplicam.

Claro, existem muitas outras considerações na escolha de um serviço de hospedagem web, mas este texto se concentra apenas na velocidade do site para que, presumindo que todos vocês tenham um bom servidor podemos seguir em frente…

***

Acelere O Seu Site – Melhores Práticas

Melhores Práticas

A equipe do Exceptional Performance na Rede de Desenvolvimento do Yahoo! identificou uma série de práticas para deixar o seu site mais rápido. A lista inclui 34 ótimas táticas divididas em sete categorias que te ajudarão a otimizar o código das suas páginas para que o carregamento seja mais leve.

About professores

Professor particular de informática em Curitiba especializado em atender a Terceira Idade. Atendo apenas na casa do aluno.

Related Post