Técnicos x Professores

Estou na área da informática e a didática mais de 16 anos (ano base 2011). Minha esposa Andréa junto comigo nesta mesma empreitada. Conheci bons técnicos de informática. É uma área vasta tanto quanto a medicina. Há programadores, são aqueles que lidam com códigos e configurações complicadas e fazem os softwares ou programas que movem, controlam e administram tudo.

Há os técnicos de máquina ou hardware. São os que lidam com as peças, consertam, limpam, fazem up grade, montam e até vendem computadores. Montam redes, cabos e fazem as configurações bem complexas também.

Geralmente são muito competentes, mas também são muito quadrados, são bons com as máquinas e códigos e meio sem jeito com o ser humano. Não é uma regra, isto é um generalismo e dê o devido e justo desconto. Mas um fato é simples e certo, por serem muito técnicos NÃO SABEM ENSINAR e só sabem fazer. Ensinar é uma arte, um celibato, uma virtude, um talento, uma competência. É algo que eu e minha esposa possuímos.

Há outra categoria de técnicos e onde também me incluo, são os confeccionadores de site ou web sites, a mesma coisa que possui alguns sinônimos e grafias diferentes como: websites, home pages, etc. Fazer um site é uma arte, e arte é coisa para artistas e o professor é um artista.

Um técnico é inteligente e sabe o que faz, mas quase sempre não tem empatia com o público, principalmente aquele com mais dificulade de navegar na internet e com poucos conhecimentos. Quem tem esta sensibilidade são os professores. Eles é que sabem o que as pessoas sentem, suas dificulades, seus desejos e assim sua experiência de sala de aula lhes dá a competência de sentir empatia com seu público, algo que os meros técnicos sem experiência de sala de aula não possuem.

Seu site precisa de ter a empatia e a sensibilidade com seu público alvo e saber quais suas facilidades, anseios e dificulades. As vezes um site mais simples obtem mais resultados que um site sofisticado. Muito importante é uma coisa chamada NAVEGABILIDADE. Um site didático, de boa navegabilidade com tudo ao alcance de poucos ou um clique. Isto que o público deseja, eficiência, rapidez, agilidade e facilidade. Eu mesmo prefiro navegar nos sites mais simples e sem muitas firulas e enfeites que mais atrapalham que ajudam e fazem o visitante se perder e desistir de sua empresa indo gastar na concorrência.

Venha fazer seu site com quem tem não apenas experiência, mas sensibilidade e experiência didática.

Fraternal abraço de Dalton Campos Roque