Fazer Backup é fácil

Computador SEMPRE dá problema. Mais cedo ou mais tarde o windows engasga, vai ficando pesado, o registro vai sujando e nem mesmo com desisntaladores e limpadores de registro bons e com defragmentadores o windows não ajuda na própria manutenção. Todo programa que instalamos e depois retiramos deixa rastros de sujeira no registro do windows.

O registro é a alma do windows. Lá que ficam os dados mais íntimos e secretos de todos os programas instalados.

E o hardware ou a máquina também pode facilmente apresentar problemas. Com toda esta tecnologia, parafernálias e equipamentos de segunda e terceira categoria contrabandeados, temos uma enorme quantidade de computadores, periféricos e peças predispostos a mal funcionamento e a quebra permanente.

Tudo isto leva a uma séria e óbvia conclusão para quem trabalha e depende da informática: TEM QUE FAZER BACKUP.

Há alunos que me contratam apenas para ajudá-los a organizar seu windows e a fazer os backups.

Com os equipamentos e acessórios que temos a disposição e os baixos preços, fazer backup ficou muito mais fácil. Claro que quando é possível, já no momento de instalar o windows, inicia-se a organização do usuário e a preparação para fazer os futuros backups ou cópias de seguranças dos dados.

A parte mais cara da informática não é o equipamento (o hardware), mas sim os dados de usuários, as fotos, os filmes, os textos, os documentos que podem ser resultado de anos de trabalho e podem se perder em segundos, não apenas por inabilidade do usuário, mas falha do windows ou do equipamento. É muito fácil um HD – disco rígido queimar e levar o usuário ao desespero.

E ainda há um velho ditado: “quem tem um backup, não tem nenhum“, ou seja, recomenda-se que deve-se fazer não apenas UM, mais pelo menos DOIS backups de dados importantes. Eu em minha casa tenho os dados originais em uso no HD oficial e mais duas cópias de segurança fora em outros dois HDs externos que ficam afastados em cômodos diferentes.

O conceito de cópia de segurança mudou após o evento terrorista de 11 de setembro nas Torres gêmeas americanas. Empresas inteiras e todos os seus dados desapareceram em segundos. Daí os cursos de segurança de dados aprenderam que as cópias de dados importantes devem ser realizados em servidores remotos para poderem ser recuperados em casos críticos como este.

Então vamos as dicas básicas de backup:

1. O ideal é ter no PC dois HDs. Um para o windows e os aplicativos e outro para os dados. Quando não quiser ou não for possível por diversas hipóteses, sugere-se particionar o HD em dois. É uma forma lógica (matemática) de um disco simular o funcionamento em forma de dois discos separados. Funciona bem e é eficiente, mas só deve ser feito por usuários experientes.

Nestes casos pode-se formatar e reinstalar o windows inteiro sem afetar os dados importantes do usuário. O único inconveniente neste caso é que o disco der qualquer defeito, perde-se os dados do mesmo jeito. Então a melhor dica é mesmo ter dois HDs separados.

2. Antes de fazer o backup deve-se organizar os dados em PASTAS ou os antigos DIRETÓRIOS. Cria-se as devidas pastas e agrupa-se os dados por semelhança, tipo, utilização, objetivo, data, etc, diversos critérios pessoais que modificam conforme o perfil do usuário.

Há casos que esta organização levará muito tempo e deverá ser feita com calma no decorrer dos meses. Neste caso crítico, faz-se um backup de urgência de qualquer jeito e vai-se organizando aos poucos, até que depois realiza-se o backup novamente.

3. Supondo que os dados estão organizados ou razoavelmente organizados, então é bom possuir outros discos – HDs externos ou HDs internos extras * – para fazermos estes backups. Os HDs externos via USB são pequenos, leves, práticos e fáceis de usar. Aconselho a ter pelo menos dois destes para fazer os dois backups. Atualmente há módulos ou gavetas externas que aceitam HDs internos utilizados fora do PC e isto é mais uma facilidade para o usuário.

4. Não basta fazer os backups e abandoná-los. O backup deve ser periódico e não precisa ser no horário de trabalho ou durante o dia. Você pode deixar ser realizado durante a noite enquanto dorme. Aconselho fazer no mínimo mensal. Nas empresas costuma ser semanal e em casos de dados importantes são feitos diariamente com potentes máquinas e servidores.

Quem não sabe bem lidar com pastas  e arquivos e não entende os novos conceitos de BIBLIOTECA do Windows 7 pode se dar mal na hora de organizar os dados e de fazer backups.

Abraços do Professor Dalton, uma pessoa organizada

About professores

Professor particular de informática em Curitiba especializado em atender a Terceira Idade. Atendo apenas na casa do aluno.